sexta-feira, 19 de abril de 2019

Linha Vinagre de Maçã da Salon Line ganha Máscara 2x1 e Spray Finalizador


As amantes de receitinhas caseiras para os cabelos já podem comemorar: a linha de produtos de Vinagre de Maçã da Salon Line, sucesso entre as cacheadas e crespas, ganhou uma extensão de produtos. Além dos já famosos Creme Para Pentear, Ativador de Cachos e Geleia, a linha agora lança um Spray Finalizador e uma Máscara 2x1.

Os dois produtos são multifuncionais e tem diversos modos de uso. O Spray Finalizador revitaliza e dá brilho imediato aos cachos após a aplicação. Ele funciona como selador dos fios de uma maneira rápida e prática. É uma ótima pedida tanto para o day after como para aplicar nos fios molhados após lavá-los.

Já a Máscara 2x1, que também pode ser utilizada como Creme Para Pentear, é ideal para o tratamento de reconstrução dos fios com todas as propriedades do Vinagre de Maçã, Black Berry e Pantenol. É um produto chave, que também pode ser misturado aos outros produtos da linha para uma revitalização completa.

O Vinagre de Maçã, principal ativo dos produtos, sela as cutículas dos fios, proporcionando brilho intenso, além de também auxiliar na reconstrução da fibra capilar e no controle do frizz. Assim como os outros produtos da linha, os lançamentos possuem a exclusiva tecnologia da fragrância encapsulada, que faz com que o perfume nos cabelos dure até 24 horas e seja liberado de acordo com o movimento dos fios.

Os produtos são veganos, liberados e possuem proteção UV. Eles estão disponíveis nas principais farmácias e perfumarias, além do e-commerce Salon Line: https://lojadasalonline.com.br



quinta-feira, 18 de abril de 2019

Arno apresenta saborosa Bacalhoada para a Páscoa



Foto Divulgação: Arno

Um bom peixe agrada em várias épocas do ano, em especial, nos 40 dias que antecedem a Páscoa. Por isso, a Arno ensina uma receita prática dessa saborosa bacalhoada. Aproveite a dica com o uso da caçarola Rochedo Vitalle e da forma Rochedo Dupla Funda para facilitar o preparo do seu prato! Confira abaixo.

Ingredientes
800g de lombo de bacalhau dessalgado
3 cebolas roxas fatiadas em meia lua
¼ xícara (chá) de azeite extra virgem
3 dentes de alho inteiros
4 batatas
2 xícaras (chá) de azeitonas pretas
1 xícara (chá) de salsa picada
1 xícara (chá) de azeite extra virgem
Sal, se necessário
Papel alumínio
Broa de milho amanhecida e esfarelada

Modo de preparo
1.      Tire as lascas do bacalhau. Descasque e corte as batatas em pedaços;
2.      Cozinhe em água com sal até ficar “al dente”. Reserve;
3.      Na caçarola Rochedo Vitalle, coloque ¼ de xícara de chá de azeite e doure a cebola roxa. Reserve;
4.      No fundo da Forma Rochedo Dupla Funda, monte a bacalhoada em camadas: coloque uma camada de batata, uma de cebola, uma de bacalhau e algumas azeitonas. Coloque azeite entre todas as camadas para a bacalhoada ficar bem molhadinha e sal, se necessário. Repita o processo até acabar todos os ingredientes;
5.      Cubra a forma com papel alumínio e leve ao forno a 180°C por 20 minutos;
6.      Passados os 20 minutos aumente a temperatura para 220°C , retire o papel alumínio, coloque as broas de milho esfareladas sobre toda a bacalhoada e regue com um fio de azeite;
7.      Aumente o forno para 250°C e asse, por aproximadamente 30 minutos, até dourar.

Rendimento: para 8 pessoas
Tempo de preparo: 50 min.
Grau de dificuldade: Fácil
Equipamentos utilizados: Caçarola Rochedo Vitalle e Forma Rochedo Dupla Funda

SAC Arno: (11) 2060-9777

L’Occitane en Provence apresenta HERBAE par L’Occitane en Provence

Inspirada na beleza da mulher autêntica por natureza, fragrância traz notas florais frutadas verdes para compor a nova Eau de Parfum da marca, única e exuberante



Em celebração à beleza autêntica e destemida da Provence, com uma força botânica livre e intocável, a L’Occitane en Provence lança mundialmente HERBAE par L’Occitane en Provence, um perfume floral frutado verde.

Nesta fragrância, a natureza indomada do sul da França é representada pelo extrato de grama selvagem que, entrelaçada entre flores e espinhos, remete à brisa da região e exala notas frescas e naturais. Esta eau de parfum floral frutada verde traz em sua pirâmide olfativa um toque de flor de amora, rosa silvestre e flor de urtiga branca, revelando diversas faces da feminilidade em seu estado mais puro, vibrante e aventureiro. Traz em suas notas de topo sementes de ambrette e verde de bergamota, enquanto nas notas de corpo aparecem os acordes de flor de urtiga branca e rosa silvestre além de flor de amora e sálvia. Capim santo, musk e cashmeran compõem as notas de fundo desta eau de parfum.

HERBAE par L’Occitane en Provence foi desenvolvida pela renomada casa de fragrâncias Givaudan, também responsável pela criação do best seller Terre de Lumière, da marca francesa de cosméticos. Duas perfumistas com histórias de vida marcadas pela região da Provence participaram de sua criação: Nadège Le Garlantezec, que considerava os produtos L’Occitane en Provence seus amuletos da sorte durante a temporada que viveu fora da França, e Shyamala Maisondieu, que passava suas férias escolares na cidade de Lourmarin, no sul da França.

Com design moderno, seu frasco de vidro possui formato triangular e tem detalhe de laço em ráfia, homenageando a natureza indomada. Inspirada na perfumaria vintage, sua tampa traz gravação da marca em baixo relevo. Embalando o frasco, a caixa é estampada com elementos da natureza, folhas e flores icônicas e excêntricas em cores vivas.

A linha completa está disponível em todas as lojas L’Occitane en Provence. Conheça:
 
Eau de parfum HERBAE par L’Occitane en Provence | 10ml R$ 105,00 | 50ml R$ 379,00 | 90ml R$ 489,00O perfume HERBAE par L’Occitane en Provence é inspirado na fragrância das belezas naturais, revelada pela grama selvagem de flores espinhosas, presente no coração das paisagens provençais. Combinada com notas de flor de amora, rosa silvestre e flor de urtiga branca, celebra a beleza autêntica e destemida da Provence.

O Leite Corporal HERBAE par L’Occitane en Provence, inspirado na aparência do leite, hidrata a pele*, deixando-a delicadamente perfumada com suas cativantes notas verdes e florais da Eau de Parfum HERBAE par L’Occitane en Provence.

*Teste Instrumental de Hidratação

Sabonete Líquido Corporal HERBAE par L’Occitane en Provence 250ml | R$ 99,00
O Sabonete Líquido Corporal HERBAE par L’Occitane en Provence limpa a pele com sua textura leve em gel, revelando frescas notas cativantes da grama selvagem do sul da França.

Creme de Mãos HERBAE par L’Occitane en Provence 30ml | R$ 49,00
Com manteiga de Karité em sua fórmula, o Creme de Mãos HERBAE par L’Occitane en Provence hidrata as mãos* com uma textura leve enquanto as perfuma com uma fragrância verde e floral, o acorde fresco e cativante da grama selvagem da Provence.
*Teste Instrumental de Hidratação

O Sabonete HERBAE par L’Occitane en Provence limpa a pele enquanto envolve corpo e mãos nas notas verdes e florais características da Eau de parfum da linha



Leite Corporal HERBAE par L’Occitane en Provence 250ml | R$ 159,00

Sabonete HERBAE par L’Occitane en Provence 100g | R$ 27,00




Eau de parfum HERBAE par L'Occitane en Provence 90ml
(Divulgação) 



Caixa Eau de parfum HERBAE par L'Occitane en Provence 90ml
(Divulgação)



Eau de parfum HERBAE par L'Occitane en Provence 50ml
(Divulgação)



Eau de parfum HERBAE par L'Occitane en Provence 10ml
(Divulgação)


Leite Corporal HERBAE par L'Occitane en Provence
(Divulgação)


Sabonete Líquido Corporal HERBAE par L'Occitane en Provence


Creme de Mãos HERBAE par L'Occitane en Provence
(Divulgação)



Sabonete HERBAE par L'Occitane en Provence
(Divulgação) 



BOLO SALGADO DE FRANGO COM ESPINAFRE




Que tal uma sugestão de lanche rápido? A equipe da BLACK+DECKER ensina a preparar um bolo salgado recheado com frango, cenoura e espinafre. Confira como é possível elaborar um prato cheio de sabor usando poucos ingredientes:

Ingredientes para o bolo
1 peito de frango pequeno
1 maço de espinafre
2 cenouras grandes
500g de maionese (um vidro)
1 pacote de pão de forma

Ingrediente para decorar
1 cenoura média

Modo de preparo
Cozinhe o peito de frango sem pele em água com sal. Deixe esfriar e, com o auxílio do Miniprocessador BLACK+DECKER, pique o frango. Reserve.

Pré-cozinhe o espinafre, previamente higienizado, e pique também no Miniprocessador. Repita o procedimento com as cenouras.

Separadamente, com o auxílio do Mixer BLACK+DECKER, misture ¼ da maionese com cada um dos ingredientes processados até um creme. Caso necessário, acerte o sal e adicione temperos a gosto.

Para a cobertura, reserve ¼ da maionese, rale a cenoura média em ralador grosso e reserve.

Montagem
Coloque uma camada de pães sobre o prato de servir e passe o creme de frango. Faça mais uma camada de pães e, por cima, espalhe o creme de cenoura. Repita o procedimento com o creme de espinafre e finalize com a camada de pães. Para finalizar, passe a maionese e decore com as cenouras raladas.

Mantenha o bolo em geladeira.

Dicas: Experimente substituir a cenoura da decoração por batata palha.

Rendimento: 15 porções

Tempo de preparo: 30 minutos + montagem

quarta-feira, 17 de abril de 2019

20 segredos escondidos sobre chocolate


Com a proximidade da Páscoa e a ajuda de Julien Boutonnet, MOF e chefe da EHL, listamos 20 segredos que você provavelmente não sabe sobre chocolate




O chocolate é mais do que um produto familiar: acessível e consumido em todo o mundo, hoje faz parte da nossa alimentação diária, mas há alguns séculos atrás, o "alimento dos deuses" era um produto muito luxuoso e singular. Com a aproximidade da Páscoa, a EHL (Ecole hôtelière de Lausanne), Univesidade de Hospitalidade líder na Suíça e pioneira em proporcionar a melhor formação no setor hoteleiro, convidou Julien Boutonnet, MOF e Chefe da EHL, para listar 20 segredos dos quais você provavelmente ainda não ouvir falar sobre o chocolate, desde sua origem até os seus principais benefícios para a saúde.

Embora os suíços não tenham sido os primeiros europeus a terem fabricado chocolate, ele foram pioneiros na adição de leite na fabricação dos produtos em 1875 e em 1879 foi criada a primeira barra de chocolate ao leite como conhecemos hoje. Avanços tecnológicos, ingredientes finos, competição entre as diversas marcas e a paixão nacional dos suíços pela iguaria fizeram com que o chocolate suíço se transformasse e permanecesse com a fama de ser o melhor do mundo. Dessa forma, a EHL faz questão de desvendar mais sobre essa delícia do nosso dia a dia.


  1. cacau é originário da Bacia do Rio Amazonas na América do Sul, mas os 2/3 da produção estão atualmente concentrados na Costa do Marfim na África. 

  1. Chocolate foi consumido pela primeira vez como uma bebida pelos maias e os astecas durante seus rituais. Então, quando chegou a Europa no século 16, esta bebida muito luxuosa foi reservada para a classe alta. 

  1. A fábrica de chocolate suíça Cailler criou o chocolate ao leite em 1875, adicionando leite em pó à preparação. 

  1. Os grãos de cacau devem ser fermentados para deixar os sabores sendo desenvolvidos. Então, os grãos são secos e torrados. A casca é finalmente removida para produzir a forma áspera de chocolate: a massa de cacau. 

  1. Uma barra de chocolate de 100g contém aproximadamente 80 grãos de cacau! 

  1. O chocolate escuro (que deve conter pelo menos 35% de sólidos de cacau) é o mais saudável. Quando a porcentagem sobe para 70%, surgem notáveis ​​benefícios para a saúde, como a redução do risco de desenvolver doenças cardíacas. 

  1. O chocolate branco muitas vezes não é considerado chocolate, pois contém apenas manteiga de cacau, açúcar e leite. 

  1. A qualidade de uma barra depende principalmente dos grãos. A maneira como eles são fermentados e torrados, bem como se todos eles vêm de um mesmo produtor ou não diferenciam um chocolate excelente de um bom. 

  1. Está provado cientificamente que o chocolate é um dos alimentos mais viciantes. 

  1. A presença de serotonina no chocolate estimula o cérebro, relaxa o corpo e traz uma forma de felicidade! 

  1. Um grão de cacau contém cerca de 0,2% de cafeína. 

  1. Para aumentar o sabor de uma barra, os fabricantes de chocolate geralmente adicionam café ou nozes. Mas muito mais produtos combinam bem com chocolate: você já experimentou uma barra de chocolate quente? 

  1. A melhor maneira de armazenar chocolate é mantê-lo em local seco e fresco. Uma barra de chocolate não deve ser armazenada na geladeira. 

  1. O chocolate tem uma temperatura de fusão muito baixa, situada entre 30°C e 32°C. É por isso que se derrete lentamente em nossa boca. 

  1. Apenas algumas horas são necessárias para transformar o chocolate no produto acabado que será vendido na loja. Em seguida, a barra pode ser armazenada por algumas semanas. 

  1. A barra de chocolate é naturalmente brilhante quando o chocolate é moldado em um recipiente de plástico. 

  1. Você sabia que o período mais vendido de chocolate no mundo não é a Páscoa, mas o Dia dos Namorados? 

  1. Os maiores consumidores de cacau do mundo são Alemanha, Suíça e Bélgica, com até 11 kg de chocolate por ano e per capita. 

  1. O chocolate ocupa um lugar importante no comércio global: três milhões de toneladas de cacau são trocadas a cada ano. 

  1. O best-seller da EHL é incontestavelmente a barra de chocolate com leite e avelã! Isso pode estar relacionado à nossa situação geográfica, em Lausanne na Suíça. 

Para celebrar a Páscoa, chef ensina como preparar Confit de Bacalhau



Que tal na Páscoa você surpreender os familiares com um sofisticado prato com bacalhau, que fuja do lugar comum? A chef Patrícia Lopes, da Cook it, ensina a preparar um delicioso Confit de Bacalhau. E o melhor é que é facílimo de preparar e fica com uma textura divina.
Confira o passo a passo da receita abaixo:

Confit de Bacalhau (Serve 4)


4 postas de lombo de bacalhau dessalgado, aproximadamente 1kg (dica da chef: tenho usado o congelado da Bom Porto, pois é o melhor custo benefício que encontrei)
2 litros de azeite de oliva (obs. da chef: não precisa ser extra virgem, mas de boa qualidade)
1 xícara de azeite de oliva (reserve)
1 cabeça de alho
4 ramos de tomilho
4 ramos de alecrim
4 cebolas pequenas cortadas em fatias finas
100gr de tomate seco.
Modo de Preparo:
Caso esteja usando bacalhau salgado, lave as postas para retirar o sal excedente e coloque-as em água com pedras de gelo e deixe na geladeira por 24 horas, trocando a água a cada 6 horas. No caso do bacalhau congelado, proceda o descongelamento conforme as instruções da embalagem.
Aqueça o forno a 80 graus. Caso seu forno não atinja esta temperatura, aqueça na temperatura mais baixa e deixe a porta entreaberta para o calor escapar.
Seque bem as postas e acomode-as em um refratário que possa ir ao forno e que seja mais alto que as postas. Coloque os dentes de alho e os temperos, tomilho e alecrim entre as postas. Cubra todo o peixe com os dois litros de azeite. Observe que quanto maior o espaço entre as postas, mais azeite será necessário para cobrir o peixe; por isso não use um refratário que seja muito grande.
Leve para assar por 1 hora. Faltando 15 minutos para o término do tempo acrescente os tomates secos ao azeite para que amoleçam.
Em uma panela de fundo grosso aqueça 1 xícara de azeite que você reservou e junte as cebolas fatiadas. Em fogo muito baixo, vá refogando até que as cebolas murchem e comecem ficar com uma cor caramelo.
Assim que o bacalhau terminar de assar, sirva com as cebolas caramelizadas, os dentes de alho e os tomates secos, acompanhado de arroz branco e batatas ao murro.


Como manter-se saudável durante o outono

Conheça os problemas de saúde mais comuns dessa época do ano e saiba como evitá-los 




Do outono até o final do inverno, no dia 22 de setembro, ocorrem mudanças bruscas de temperatura e da umidade do ar. Os dias ficam mais frios e o ar cada vez mais seco, contribuindo com a proliferação de agentes alérgenos, vírus e bactérias. Por isso, nesse período, é preciso redobrar os cuidados com a saúde a fim de evitar as famosas irritações e infecções do trato respiratório.

Segundo Adriano Heleno Ribeiro, farmacêutico da rede nacional de farmácias Extrafarma, “crianças e idosos não podem se descuidar, já que são os mais atingidos nessa época do ano. Uma crise alérgica, se não controlada, pode ocasionar problemas maiores. É importante que todos fiquem atentos à hidratação, evitem os choques térmicos, locais pouco arejados e, sempre que necessário, procurem a orientação de profissionais da área da saúde.” Ele ainda destaca as principais doenças do período e como identificar cada uma delas. Confira:

Asma
É uma doença respiratória crônica e surge com a exposição à poeira, ácaros, fungos e variações de temperatura. Para preveni-la, o ideal é manter os ambientes limpos e arejados e evitar mudanças bruscas de temperatura. Sintomas como tosse, chiado no peito, dificuldade para respirar e respiração rápida e curta indicam a presença da asma e exigem a busca de orientação médica.

Rinite
Assim como a asma, a rinite é uma doença com determinação genética e influenciada por fatores ambientais. Com a exposição excessiva aos fatores desencadeantes, ocorre a inflamação da mucosa que reveste o nariz e o surgimento de espirros, coriza e coceira no nariz, sintomas que podem durar de alguns minutos até vários dias. Durante os dias mais frios e secos, o ideal, para prevenir os quadros alérgicos, é manter-se hidratado e utilizar soro fisiológico nasal.

Sinusite
Desencadeada principalmente por alergias e vírus de gripe e resfriados, a sinusite é caracterizada pela inflamação da mucosa dos seios da face, causando dores nas regiões ao redor do nariz, secreção nasal e dores de cabeça. Ao sinal desses fatores, o ideal é procurar um médico e avaliar o tipo de infecção. Apenas em caso de suspeita de infecção por bactérias o uso de antibióticos é indicado. Caso contrário, para reverter o quadro e evitar sua ocorrência, tenha em mãos descongestionantes e lave o nariz com solução salina.

Resfriado
Os resfriados são infecções das vias aéreas, mas os sintomas são mais fracos, como coriza, espirros e dores de garganta, e permanecem de três a cinco dias no organismo. É possível combater os vírus causadores da doença com repouso e ingestão de muito líquido. Isso evita ainda que o quadro se intensifique e o resfriado se torne uma gripe ou pneumonia.

Gripe
Assim como os resfriados, a doença é identificada pela infecção das vias respiratórias superiores. Os sintomas da gripe, apesar de muito parecidos com os do resfriado, são mais fortes e caracterizados pela irritação na garganta, tosse seca e congestão nasal. Por meio do repouso e da ingestão de líquidos, eles podem desaparecer em até três dias. Caso surjam febre e dores no corpo, é importante recorrer à orientação de um médico ou farmacêutico. A gripe é causada pelo vírus influenza e pode ser transmitida por gotículas vindas da tosse ou do espirro da pessoa infectada. Por isso, além da vacinação contra o vírus, o ideal é evitar lugares com muitas pessoas, preferir ambientes arejados e manter as mãos sempre limpas com água e sabão.

Pneumonia
A complicação é muito associada à gripe, uma vez que, em organismos muito debilitados, o vírus da doença se dissemina para os pulmões, causando infecções secundárias e dificuldade para respirar, tosses, secreção amarelada e calafrios decorrentes da febre.  A infecção também pode ser causada por bactérias que se aproveitam da fragilidade do organismo para se multiplicar. Nesses quadros, o ideal é buscar ajuda médica, seguir o tratamento com cuidado, intensificar o repouso e hidratar-se.

Otite
Mais comum nas crianças, a otite é uma infecção no ouvido, causada por bactérias e vírus. Geralmente, os sintomas aparecem de dois a sete dias após o início de uma infecção respiratória. Além das dores de ouvido, outros sinais podem indicar que o quadro pode representar uma otite, como febre, tonturas, dores de cabeça e perda de apetite. Ao sentir qualquer desconforto na região dos ouvidos, procure o auxílio de um médico.

Meningite
É causada por bactérias e vírus de infecções respiratórias que sobem até as membranas que envolvem o cérebro e causam dores fortes de cabeça, dores no corpo e vômitos. Ao sinal de qualquer dor forte na cabeça durante a recuperação de quadros de gripe e/ou resfriados, é essencial procurar um médico e avaliar o tratamento mais indicado.

Conjuntivite
Existem diversas causas para a conjuntivite, inflamação da membrana dos olhos que costuma durar de uma a duas semanas. Ela pode ser causada por vírus, bactérias, alergia a ácaros e pólen, intoxicação por produtos químicos e, em casos mais raros, por fungos presentes na madeira. Os principais sintomas são vermelhidão nos olhos, coceira, inchaço nas pálpebras, olhos lacrimejantes, presença de secreções e pálpebras inchadas. Para evitar o contágio, evite levar as mãos aos olhos, compartilhar toalhas de rosto e produtos de beleza, como rímel e pincel de sombra.  Mantenha fronhas e travesseiros sempre limpos e livres de ácaros e faça a higiene correta em lentes de contato. Ao perceber sintomas de conjuntivite, procure um médico e jamais use colírios sem orientação.

Faringite
A inflamação na faringe é causada por infecção viral ou bacteriana e provoca dores de garganta, dificuldades para engolir bebidas e alimentos, garganta seca e rouquidão. Também podem ocorrer febre e inflamação dos gânglios linfáticos do pescoço. Manter as mãos limpas, evitar levá-las à boca, evitar o compartilhamento de talheres e copos e o contato com pessoas infectadas são formas de prevenir a doença. Para complementar o tratamento médico prescrito, é recomendado repouso, ingestão de líquidos e evitar ambientes com ar muito seco e presença de fumantes.

Amigdalite

Assim como a faringite, a amigdalite é causada por vírus ou bactérias, que atacam as amígdalas. A doença é mais comum em crianças e pré-adolescentes e é caracterizada pelo surgimento de placas brancas ou amareladas nas amígdalas, dores de garganta, dificuldade para engolir, devido ao inchaço nas amígdalas, febre e mau hálito. Os mesmos cuidados da faringite se aplicam ao combate da amigdalite.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...