segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Bolinho de arroz com espinafre

 


Receita cedida pela Bonduelle

 

  • Rende: 20 bolinhos



Ingredientes


4 xícaras (chá) de sobras de arroz cozido


1 cebola pequena picada


1 ovo


1 xícara (chá) de farinha de trigo


½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado


½ xícara (chá) de leite


1 pacote de Espinafre congelado Bonduelle


Sal e pimenta a gosto


1 colher (sopa) de fermento em pó


Óleo para fritar

 

 

Preparo


Descongele o Espinafre Bonduelle. Em um recipiente, misture o arroz, a cebola, o ovo, a farinha, o queijo, o leite, o espinafre, o sal, a pimenta e o fermento.


Em uma frigideira, aqueça o óleo e vá colocando colheradas de bolinho. Frite dos dois lados até dourar. Coloque sobre papel toalha para retirar o excesso de óleo e sirva em seguida.

 

Dicas Bonduelle: Aproveite sobras de arroz. Esta receita é ideal para crianças que não querem consumir espinafre, mas que adoram bolinhos!

 

Essa é outra receita de Bolinho de Arroz, publicada aqui no Blog. Experimente!!


sábado, 16 de janeiro de 2021

Resenha: restaurante on-line de congelados Frutifica

Mais um, mais um...mais um post com resenha de refeições congeladas. Desta vez, a marca é a Frutifica, que me chamou a atenção pelo preço dos pratos - que foram de R$ 6,90 a R$ 13,50. Pensei: será que vai valer a pena? Esta é terceira marca que eu avalio e você pode ler aqui o post da LevLeve  e o da R4Fit.

Comparativamente com as duas primeiras, a Frutifica oferece pratos mais caseiros, como Carne de Panela com Batata e Cenoura, Farofinha, Arroz Branco e Feijão; e a Feijoada completa com Couve Manteiga, Arroz Branco e Farofa Especial.  

Berinjela à parmegiana

Como fiz com as outras marcas, adquiri refeições vegetarianas, como o Risoto de Palmito, que foi uma das refeições que eu mais gostei e tinha um leve sabor de vinho branco; o Risoto de Abóbora com Shimeji, que faltou de tempero; e a Berinjela a Parmegiana com Creme de Milho, Arroz Branco e Feijão, uma refeição gostosa.  

Risoto de Palmito


Senti falta de ter nas embalagens mais informações sobre os ingredientes de cada prato e também o total de calorias. Já que a Frutifica imprime o nome do prato em etiquetas, recurso que ajuda a baratear a produção, creio que a etiqueta poderia trazer mais informações sobre as refeições neste espaço (você pode ver na foto que a etiqueta impressa é grande). 


Frango em cubos com shimeji


As sopas são saborosas e consistentes. Foram pratos que também gostei bastante. Comprei o Caldo Verde com Linguiça e a Sopa de Mandioquinha com Frango.


Caldo verde com linguiça


Resumindo: o ponto alto das refeições é o preço. Mas considero que precisam: 1)  colocar um pouco mais de tempero, como sal e ervas nos pratos; 2) incluir mais informações dos ingredientes nas etiquetas das embalagens.  
Minha nota geral é 7.

Meu objetivo ainda não terminou. Já tenho uma nova marca sendo avaliada e, em breve, terei outro post por aqui. 





sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Receita: Salada Waldorf com peito de frango defumado

Inspirada na famosa Salada Waldorf, prato leva peito de frango defumado, iogurte, maçã verde, batatas e nozes

Você deve gostar de variar nas opções de saladas. Por isso, anote a sugestão de Eder, marca de salsichas, linguiças, bacon e frios: Salada Waldorf com peito de frango defumado.

A receita é inspirada na famosa Salada Waldorf, que leva este nome por ter sido criada em 1893 no Waldorf Hotel, em Nova Iorque, que se transformou, depois, no famoso Waldorf Astoria. Na receita sugerida, além de salsão, maçã verde e nozes, a salada ganha cubinhos de peito de frango defumado. O molho cremoso é feito com iogurte desnatado, como na receita original. A salada ganha também cubinhos de batata cozida. Dessa forma, com o carboidrato e a proteína, se torna ainda mais nutritiva e completa, atendendo como entrada e até mesmo prato principal.



Salada Waldorf com peito de frango defumado

Ingredientes:

250 g de peito de frango defumado Eder

500 g de batata

2 maçãs verdes

Nozes picadas

1 limão

2 talos de salsão

1 cebola pequena bem picada

2 copos de iogurte natural desnatado

2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem

Sal a gosto

Salsa ou cebolinha para decorar

Modo de preparo:

1.    Corte as batatas em cubos e cozinhe em água fervente com sal, sem deixar amolecer. Escorra e leve à geladeira até esfriar;

2.    Corte as maçãs e o salsão em cubinhos e deixe de molho no sumo dos dois limões, dentro da geladeira;

3.    Em uma peneira forrada por um guardanapo fino, deixe o iogurte desnatado escorrer por 1 hora na geladeira;

4.    Corte o peito de frango defumado em cubinhos ou tiras;

5.    Em um pote grande, misture o peito de frango, as batatas, o salsão, a maçã verde, as nozes picadas, a cebola picada e o azeite;

6.    Acrescente o iogurte escorrido, que ficará com uma consistência bem cremosa;

7.    Tempere com sal a gosto, decore com salsa ou cebolinha frescas e leve à geladeira até a hora de servir.

8.    Para dar um charme a mais, sirva em taxas individuais ou copos de Dry Martini.



Aqui no Blog, já publicamos uma receita de salada de folhas verdes comfrango e legumes grelhados ao molho indiano. Uma delícia. Confira!


quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

Lassi refrescante de aveia integral com açaí

 

Imagem ilustrativa - Divulgação

Uma ótima dica para se refrescar nos dias quentes com um lanche nutritivo é fazer um lassi (bebida láctea) de aveia integral. Nessa opção, a QUAKER® sugere uma versão com açaí, combinando os benefícios do super grão - que contém betaglucana, fibra que ajuda a manter a boa saúde do coração quando sua ingestão está associada a uma dieta equilibrada e a prática de exercícios físicos - com o sabor desta fruta tão consumida no Brasil. Uma dica também é incluir a banana - que vai trazer um adocicado para sua refeição e ainda mais saciedade.

Veja abaixo o passo a passo para essa receita gostosa e refrescante de QUAKER®.

Ingredientes - rendimento: 4 a 6 porções

1 xícara de iogurte natural

3/4 de xícara de polpa de açaí

1/2 banana

3 colheres (de sopa) de Aveia em Flocos QUAKER®

Gelo

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador até obter uma mistura lisa e sirva em seguida!

 

Para o fim de tarde em dias de calor, uma opção são os drinks sem álcool especiais para o verão. Confira aqui no Blog.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Receita: Quiche de Cream Cracker e Legumes

 É crescente o interesse na elaboração de cardápios mais leves e saudáveis, mas que sejam também práticos de fazer. Para ajudar nessa missão, a Adria, uma das principais marcas de massas, biscoitos e torradas do País, ensina a receita de Quiche de Cream Cracker e Legumes:

 

Quiche Leve de Cream Cracker e Legumes

Ingredientes


Para o recheio:

2 colheres (sopa) de azeite

2 dentes de alho picados

1 cebola pequena picada

1 alho-poró em rodelas

1 lata de milho verde em conserva, escorrido (200 g)

1 abobrinha italiana pequena, ralada grossa

sal à gosto

Para a massa:

400 g de Biscoito Cream Cracker Adria

¾ xícara (chá) de leite

2 colheres (sopa) de azeite

Para a montagem:

250 g de creme de ricota

3 ovos

sal e noz-moscada, moída na hora, a gosto

Modo de Preparo


Recheio:
Em uma frigideira, aqueça o azeite, refogue o alho, a cebola e o alho-poró. Acrescente o milho, a abobrinha, refogue mais um pouco. Tempere com o sal, misture e desligue o fogo.

Massa:
- No processador ou liquidificador, triture o Cream-Cracker, acrescentando o leite e o azeite para obter uma mistura granulada. Acomode essa mistura em uma forma redonda (26 cm de diâmetro x 4 cm de altura), de fundo falso, levemente untada. Pressione com as mãos para forrar todo o fundo e lateral da forma. Reserve.


- No liquidificador, coloque o creme de ricota junto com os ovos, o sal e a pimenta. Bata bem para obter um creme homogêneo.


- Ligue o forno em temperatura média (180 °C – 200 °C) para pré-aquecer por 10 minutos e, enquanto isso, monte a quiche: sobre a massa, distribua o refogado de legumes e, por cima, despeje o creme. Leve ao forno para assar por cerca de 20 minutos.

Dica: Se preferir, substitua o creme de ricota por 200 g de ricota batida com ½ xícara (chá) de leite.

  • Rendimento: 8 porções
  • Tempo de preparo: 40 minutos

 

Aqui no Blog, você também pode conferir esta receita de quiche de alho-poró com bacon. Aproveite!

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Mercadinho - Rede St. Marche aposta em nova categoria de alimento: Creme de Frutas Nutritivo

Dados divulgados no final de 2019 pela empresa internacional de pesquisa YouGov e a rede norte-americana de supermercados Whole Foods Market indicam que 63% dos Millenials estão tentando incorporar dietas à base de matérias-primas de origem vegetal. E a revista Forbes apontou a alimentação Plant-Based como tendência gastronômica tanto para 2019 quanto para 2020. De acordo com a publicação, 1/3 da população mundial está determinado a consumir menos produtos de origem animal – são os chamados flexitarianos. 

Atenta a tudo isso e reconhecida como uma rede que apoia e lança marcas locais e inovadoras no mercado, a St. Marche acaba de fazer uma parceria com a Landê, nova categoria de alimentos Plant-BasedClean Label (isentos de aditivos como gomas, conservantes, aromatizantes e acidulantes) e Free From (livres de açúcares, glúten, aditivos químicos e leite de vaca). 

Lançamento: creme de frutas nutritivo

A novidade, que é um creme de frutas nutritivo, adoçado com tâmaras, está disponível inicialmente em 15 lojas das bandeiras St. Marche e no Empório Santa Maria. 

Os produtos Landê têm a textura e a temperatura de um sorvete, mas o processo de fabricação é totalmente diferente. Além disso, são extremamente saudáveis, reforçam o sistema imunológico e atendem a todos os públicos: vegetarianos, veganos, diabéticos, intolerantes a lactose e glúten e também pessoas que apenas querem produtos sem açúcar e sem adoçante, mas com muito sabor. 

A novidade apresenta um sabor único através da combinação de ingredientes naturais de alta qualidade, como tâmara, frutas, oleaginosas e sementes. Por enquanto são três sabores - chocolate rústico, morango silvestre e banana com amêndoas -, mas também haverá frequentes receitas sazonais. 

A textura consegue ser ao mesmo tempo cremosa e crocante, e o processo industrial é tão diferente que o Landê foi patenteado. Não utiliza goma, gorduras, corantes, espessantes, leite, ovos, emulsificante, açúcar e nem adoçante. Nada químico e nada de origem animal. 

O processamento é mínimo, resultando em um produto rico em fibras, antioxidantes naturais, vitaminas antioxidantes (E, A e C), vitaminas do complexo B, ômegas 3 e 9, zinco e selênio. Além disso, o teor de sódio é muito baixo. Tudo contribui para o fortalecimento do sistema imunológico, graças ao efeito anti-inflamatório, melhora o sistema digestivo, reduz os riscos de doenças cardiovasculares e crônicas e ainda aumenta a concentração, a memória e o humor. 

Para completar, o Landê é extremamente nutritivo e pode ser consumido como café da manhã ou entre as refeições principais. Para o slogan “Nutrifica seu dia” foi inventada a palavra nutrifica, combinação de nutre com fortifica. Mais informações podem ser encontradas no site www.lande.fit ou nos perfis de Instagram e Facebook @lande.fit







segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Chegou o verão: cuidado com a desidratação e os cálculos renais

No verão, a hidratação é essencial


 Você sabia que cerca de 75% do corpo humano é composto por água?

Para muitos, a chegada do verão é motivo de pura felicidade. No entanto, o calor característico dessa estação aumenta muito os riscos de desidratação, principalmente pela elevação da temperatura corporal, fato que provoca sudorese e, portanto, maior perda de líquidos. Com esse problema, surge a possibilidade de o corpo acumular determinadas substâncias formadoras de cristais – como cálcio, oxalato e ácido úrico – na urina, que fica muito concentrada, o que facilita a formação das conhecidas pedras nos rins.

Conhecer mais esse assunto é uma forma de não subestimá-lo e de compreender a importância da hidratação adequada. Acompanhe a entrevista e as dicas apresentadas por Pedro Mendes (CRM-DF 15.003), nefrologista do Hospital Brasília.

Saiba mais: cálculos renais

·  O que são?

Quando ingerimos quantidades adequadas de água, estamos permitindo que os rins filtrem facilmente as substâncias que sobram das reações químicas que ocorrem no nosso corpo. “Uma quantidade insuficiente de líquidos leva a urina a reter os minerais encontrados no seu interior, que podem se acumular e formar cristalizações, denominadas cálculos renais", explica o nefrologista do Hospital Brasília, Pedro Mendes (CRM-DF 15.003) . Essa massa sólida pode variar em tamanho: desde pequenos cristais, que só podem ser vistos com um microscópio, até pedras com mais de 2,5 cm de largura. Apesar de, muitas vezes, serem minúsculas e “navegarem" pelo trato urinário sem que o paciente perceba, podem aumentar de tamanho a ponto de ficarem presas nos canais das vias urinárias, causando dores intensas.

·  Sinais característicos

Os principais sintomas das pedras nos rins são:

- dor forte e aguda nas laterais e nas costas, abaixo das costelas;

- dor que se irradia para a parte inferior do abdome e da virilha;

- dor ou sensação de queimação ao urinar;

- urina turva, com coloração anormal e odor fétido;

- febre com calafrios, se houver infecção;

- náusea com ou sem vômito.​

·  Tratamento

Diante desses sintomas, é essencial ir imediatamente ao pronto-socorro mais próximo. O tratamento para pedra nos rins varia muito, dependendo do tamanho e da causa. Um paciente pode conseguir deslocar um pequeno cálculo através da ingestão de muita água ou com o auxílio de determinados medicamentos que relaxam os músculos do ureter, ajudando a eliminar o cálculo renal mais rapidamente e com maior facilidade. Existem ainda medicações voltadas para aliviar a dor causada pela pedra nos rins.

“Vale lembrar que, quando o paciente tem pedras de dimensões maiores, pode ser necessária uma intervenção cirúrgica para resolver o quadro", continua o especialista. Em geral, os tratamentos cirúrgicos incluem a cirurgia endoscópica a laser, a cirurgia por nefrolitotomia percutânea, a cirurgia por litotripsia extracorpórea ou a ureteroscopia. Da parte do paciente, duas orientações são essenciais: a primeira é buscar um tratamento rápido na fase aguda para retirar a pedra, pois normalmente esses quadros vêm acompanhados de forte infecção urinária, que pode evoluir para infecção generalizada; a segunda diz respeito às providências posteriores a essa fase.

“É necessário que, sanado o momento de dor aguda e tratada a infecção, o paciente investigue e trate de maneira detalhada a causa da formação dessas pedras. Ela pode ser de origem hormonal, ser derivada de doenças no sangue ou diretamente do rim", completa Mendes.

Além disso, algumas pessoas apresentam maior tendência à formação de pedras nos rins do que outras. Então, se o quadro começa a se repetir com frequência, a condição pode ser descoberta por meio de testes simples de urina. Se o fato for constatado, um médico especialista pode fornecer recomendações dietéticas específicas, visando evitar a ocorrência de complicações.

Saiba mais: desidratação

·  O que é?

Todos os dias temos nossos líquidos corporais diminuídos naturalmente, pela transpiração, respiração ou urina. O perigo ocorre quando há um desequilíbrio entre a quantidade de líquido que o corpo perde e recebe, de forma que o pleno funcionamento do organismo é afetado, podendo resultar na desidratação do indivíduo se não houver uma reposição adequada de água e sais minerais. Apesar de parecer um quadro relativamente brando, a desidratação severa pode matar.

·  ​Sinais característicos

Os principais sintomas de desidratação são:

- fadiga;

- sede;

- lábios e língua secos;

- falta de energia ou exaustão;

- sensação de superaquecimento;

- pressão arterial baixa;

- câimbras dolorosas nos músculos abdominais, nos braços e nas pernas;

- constipação;

- batimentos cardíacos acelerados.

·  Tratamento

Saber como tratar a desidratação é um cuidado de suma importância, principalmente durante o verão. Nesses casos, é preciso realizar uma reposição do nível de fluidos no corpo, o que pode ser feito consumindo água, bebidas isotônicas (como Gatorade) ou mesmo picolés. Não é recomendado optar por bebidas que contêm cafeína, como café e refrigerantes, tampouco chás, que podem ter efeito diurético. Em casos mais graves, os médicos recomendam a aplicação de fluidos intravenosos.

A prevenção de ambos os quadros é a mesma!

Você pode realizar a prevenção dos cálculos renais e da desidratação de uma maneira bem simples: bebendo bastante líquido! Alguns especialistas recomendam beber de seis a oito copos de água por dia, e você pode complementar esse hábito com o consumo de alimentos ou bebidas leves e ricos em água, como leite, água de coco, iogurte, aipo, melancia, morango, pêssego, abacaxi, pepino, kiwi, pimentão, tomate, alface, repolho e espinafre. 


No verão, também é necessário cuidar da saúde ocular. Confira neste link quais os problemas mais comum nesta época e como cuidar dos olhos.