A Mesa da Prosperidade: Tradições Gastronômicas de Ano Novo

A Mesa da Prosperidade: Tradições Gastronômicas de Ano Novo

Muitas culturas têm tradições gastronômicas específicas associadas ao Réveillon. Tradicionalmente, acredita-se que comer determinados alimentos no último dia do ano pode atrair prosperidade, dinheiro, fertilidade, sorte e saúde para o ano que se inicia. Afima Adriana Stavro.

 

Essas memórias alimentares são uma maneira deliciosa de deixar o ano que está acabando para trás e celebrar o início de um novo ciclo. 

 

Aqui vamos explorar alguns exemplos de alimentos populares na ceia de Ano Novo em diferentes partes do mundo, incluindo o Brasil afirma a Nutricionista Adriana Stavro:

Lentilha: Símbolo de Sorte e prosperidade. Um grão que se assemelha a pequenas moedas, é tradicionalmente consumida à meia-noite na virada do Ano Novo. Acredita-se que a lentilha simboliza sorte e prosperidade, representando não apenas a riqueza material, mas também a esperança de um ano repleto de bons momentos e realizações.

 

Uvas: Símbolo de Desejo e Fortuna na Virada do Ano. Em muitos países de língua espanhola, como Espanha e alguns países da América Latina, é tradição consumir 12 uvas à meia-noite, representando os 12 meses do ano. Cada uva simboliza um desejo para o próximo ano, proporcionando um ritual significativo para dar as boas-vindas ao novo ciclo. Além disso, a uva também é associada fartura, fertilidade e prosperidade.

 

Peixes: Símbolo de Progresso. Os peixes são considerados um símbolo de abundância e progresso, pois nadam para frente em grandes cardumes. Servir um peixe inteiro é considerado um gesto simbólico de desejar abundância e prosperidade. A tradição de apresentar o peixe de maneira integral durante as celebrações reflete esperança de sustento em abundância e progresso contínuo.

 

Romã: Símbolo de Abundância e Fertilidade. A romã, com sua abundância de sementes, é uma fruta que simboliza prosperidade e riqueza. Em algumas culturas do Mediterrâneo e do Oriente Médio, acredita-se que a romã também represente a fertilidade. Muitas pessoas consomem as sementes ou preparam suco de romã como parte de rituais e tradições, buscando atrair prosperidade financeira, fertilidade e abundância em diversos aspectos da vida.

 

Carne Suína: Símbolo de Crescimento e Desenvolvimento. Os porcos, ao se movimentarem para frente, refletem a direção que desejamos para a vida, simbolizando progresso. Esses animais, ao “empurrarem para frente” com o focinho, tornam-se ícones dessa representação positiva. Por essa razão, muitas famílias optam por servir a cabeça do porco na virada do ano, acreditando que este gesto simboliza não apenas o início de um novo ciclo, mas também a esperança de avanço e prosperidade.

 

 

Laranja: Símbolo de Riqueza e Fartura na Cultura Chinesa. A laranja é associada ao ouro devido ao seu formato arredondado e à cor que lembra uma moeda dourada. A tradição é consumir uma laranja e deixar nove (9) na mesa, acreditando que isso atrairá fortuna para o novo ano. Essa prática simboliza não apenas a riqueza material, mas também saúde e fertilidade.

 

 

Verduras verdes: Símbolo de Riqueza. Em diversas culturas, é comum consumir verduras de folhas verdes, como couve, repolho, rúcula e espinafre, durante as celebrações de Réveillon. Essa prática tem origem na semelhança visual dessas folhas com notas de dinheiro, especialmente o dólar. Acredita-se que incluir esses alimentos na ceia de Ano Novo traz boa sorte financeira, simbolizando prosperidade e abundância para o próximo ano. 

 

Arroz: Símbolo de Enriquecimento e Ascensão. Em diversas culturas asiáticas, o arroz é considerado um alimento fundamental associado à abundância e à boa sorte. Incluir o arroz nas celebrações de Réveillon reflete a crença de que a presença desse grão na mesa de Ano Novo traz consigo boas vibrações financeiras e a promessa de abundância para o ano que se inicia.

Bolo Vasilopita (Βασιλόπιτα): Símbolo de Riqueza e abundância. Uma tradição Grega bastante difundida na Grécia e no Brasil, especialmente entre famílias de ascendência grega, é preparar a Vasilopita (Βασιλόπιτα), um delicioso bolo amanteigado, que será cortado em fatias à meia-noite.  Um toque especial é acrescentar uma moeda na hora do preparo. A superstição sugere que aquele que encontrar a moeda terá sorte e prosperidade durante o ano que se inicia.

Receita da Vasilopita (Βασιλόπιτα)

Ingredientes:

  • 250 g de manteiga em temperatura ambiente
  • 250 g de farinha de trigo peneirada
  • 6 ovos inteiros peneirados
  • 180 g de farinha de amêndoas
  • 200 g de amêndoas laminadas
  • 700 g de açúcar cristal peneirado
  • 1 colher de chá de fermento
  • 100ml de sumo natural de limão siciliano

Para finalizar: Açúcar de confeiteiro

Extras: Forma redonda de + ou – 35 cm + papel manteiga + manteiga para untar a forma

Preparo 

Deixe todos os ingredientes separados nas quantidades adequadas e a manteiga em temperatura ambiente. Unte a forma. Forre com papel manteiga. Unte o papel manteiga. Polvilhe o papel com um pouco de farinha. Reserve.

Em uma batedeira, bata a manteiga e o açúcar até formar um creme bem clarinho. Adicione os ovos peneirados um de cada vez. Misture lentamente até formar um creme homogêneo. Acrescente o sumo de limão e a farinha de amêndoas. Continue batendo. Por fim, adicione a farinha de trigo com a batedeira em movimento. Bata até formar uma massa lisa, brilhante e homogênea. Neste momento acrescente uma moeda higienizada e mexa com uma colher. Distribua a massa na forma já preparada. Coloque as amêndoas laminadas por cima. Leve ao forno e asse a 170 graus por 50 minutos ou faça o teste do palito. Retire do forno e polvilhe açúcar de confeiteiro.  Corte e sirva a meia noite. Feliz Ano Novo.

Sobre: Adriana Stavro

Nutricionista Mestre pelo Centro Universitário São Camilo 

Curso de formação em Medicina do Estilo de Vida pela Universidade de Harvard Medical School

Especialista em Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT) pelo Hospital Israelita Albert Einstein 

Pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pelo Instituto Valéria Pascoal (VP) Pós-graduada EM Fitoterapia pela Courses4U.

Instagram – @adrianastavronutri – Mais informações https://lattes.cnpq.br/

Compartilhar esse artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *