segunda-feira, 27 de junho de 2016

Casa: Como deixar o paisagismo bonito com samambaias


samambaia é conhecida como a planta mais antiga do mundo e continua sempre em alta no cultivo das diferentes espécies a se ter em um jardim ou num apartamento. Com características bem peculiares, esta planta garante um charme na ornamentação e pode ser cultivada em vasos de médio e grande porte, jardins verticais ou penduradas com suporte em áreas externas e internas. Veja dicas de Daniela Sedo, arquiteta e paisagista para deixar suas plantas mais bonitas.

A escolha do local e do vaso são fatores determinantes para a samambaia crescer bonita e saudável. "O solo precisa estar levemente úmido e o local escolhido não pode ter tanta incidência direta de sol, pois as folhas da planta podem queimar. Por isso, o ideal é que se tenha um canto com luminosidade, úmido, a meia-sombra, e no caso de varandas de apartamentos, que a planta fique protegida por paredes, uma vez que a samambaia não suporta ventos fortes", diz Daniela. Cada espécie pode servir de encontro ao que se deseja para ter um jardim bonito e usar na decoração. 




A Samambaia-Chorona pode ser usada em ambientes internos ou externos, e é indicada para varandas ou alpendres protegidos do sol e do vento e, de preferência, deve receber chuviscos de água com borrifador uma vez por semana. Já a Samambaia-Havaiana é indicada para ambientes internos ou a meia sombra, em vasos sobre a mesa, ou mesmo pendentes para serem fixadas no teto ou sob o telhado, em locais arejados, porém ela não gosta do excesso de vento. 



Uma dica bem interessante para decoração pode ser os cachepots colocados sobre mesas de centro ou até mesmo em composições de vasos de tamanhos variados, sendo a planta de destaque, por exemplo. Além disso, em jardins verticais, as samambaias podem ser dispostas uma ao lado da outra, formando na horizontal ou vertical, um belo quadro verde.




Sempre que estiver com muitos rizomas aparentes e entrelaçados é preciso replantá-la, ou ainda se estiver “apertada”, transportá-la para um vaso maior. As mudas das samambaias se desenvolvem através desses rizomas e você pode retirá-los ou cortá-los para plantar novamente. 

Os adubos e fertilizantes também são aliados quando se trata da saúde da planta. "A diferença entre um e outro é que os adubos são produzidos de forma orgânica e os fertilizantes em laboratório. Como as samambaias produzem apenas folhas, sem frutos ou flores, qualquer um dos dois pode ser utilizado, principalmente produtos ricos em nitrogênio. "Por isso é importante observar no rótulo as informações do NPK e os números, por exemplo 5.1.1, que significa que o fertilizante tem 5 de nitrogênio, 1 de fósforo e 1 de potássio. O ideal é que tanto um como o outro não tenham apenas o NPK, mas também micro nutrientes, e que sejam aplicados diretamente na terra, sem contato com as folhas e raízes", completa Daniela. 




As samambaias, assim como a Renda Portuguesa e a Avenca, apreciam uma poda anual a qual pode ser realizada entre os meses de maio a julho. Pessoalmente prefiro realizar essa poda em maio para que na primavera os brotos novos de folha estejam surgindo. Desta forma ela estará exuberante no Verão!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...