domingo, 16 de novembro de 2014

Como a mulher pode evitar a osteoporose?

A Pesquisa A Hora Certa de Cuidar da Saúde dos Ossos, desenvolvida pela Pfizer Consumer Healthcare em parceria com a Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (ABRASSO), revela que 71% das mulheres desconhecem o fato de que a perda de cálcio dos ossos começa a partir dos 35 anos, momento em que principalmente as mulheres devem redobrar seus cuidados com o consumo de cálcio. 


A osteoporose, condição metabólica caracterizada pela diminuição da densidade óssea, pode ser prevenida com a adoção de hábitos saudáveis: consumo adequado de cálcio, exercícios físicos, controle do peso e exposição solar são atitudes importantes para manter a saúde dos ossos. Por essas razões, o conhecimento da população sobre a doença é fundamental para preveni-la, evitar seu avanço e a consequente perda de qualidade de vida do paciente.

O levantamento mostra ainda que, apesar de 98% das entrevistadas afirmarem ter conhecimento sobre a osteoporose e 94% acreditarem na prevenção da doença, apenas 55% consomem alimentos fonte de cálcio todos os dias, e ainda em quantidade abaixo da recomendada. Os dados trazem também a informação de que apenas uma em cada quatro mulheres toma sol todos os dias. 

“A pesquisa confirma que existe uma consciência sobre o impacto da osteoporose na qualidade de vida dos pacientes, mas que o desconhecimento sobre as formas de prevenção ainda é grande”, destaca Sebastião C. Radominski, presidente da ABRASSO. “Tomar um copo de leite por dia e se expor à luz solar uma vez por semana não é o suficiente”, completa. 

Ingestão de cálcio diária recomendada 5
Idade
Recomendação diária
Infância, adolescência e gestação
1.300 mg/ dia
Idade adulta (homens e mulheres)
1.000 mg/dia
Mulheres partir dos 50 anos
1.200 mg/dia
Homens a partir dos 70 anos
1.200 mg/dia

Iogurte é fonte de cálcio
A ingestão adequada de cálcio e sua suplementação são indicadas para tratamento e prevenção da osteoporose. “A população deve ser conscientizada sobre o consumo recomendado de cálcio”, diz o diretor médico para a América Latina da Pfizer Consumer Healthcare, Luiz Henrique Fernandes.

Para quem não atinge o consumo recomendado de cálcio por dia, Caltrate é um grande aliado. O produto se diferencia pela composição contendo vitamina D, responsável pela absorção de cálcio no organismo, e contribui para a desaceleração da perda do cálcio, mantendo os ossos saudáveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...