segunda-feira, 9 de maio de 2022

Vale a pena assistir a série Lupin, da Netflix?

Apresentada como uma "série de mistério" francesa, Lupin é, em minha avaliação, uma série sobre família e desejo de vingança ou, pelo menos, de desvendar a verdade sobre um roubo e inocentar a pessoa que foi condenada injustamente pelo crime e que acaba de suicidando na prisão. O roteiro é inspirado nas aventuras do mestre ladrão Arsène Lupin, personagem fictício da série de livros criada por Maurice Leblanc em 1905.

Lupin ainda criança com seu pai

Veiculada pela Netflix, a série Lupin tem como protagonista o personagem Assane Diop (Omar Sy), que realiza várias atividades ilegais, porque seu objetivo é limpar o nome de seu pai. 

O alvo é o poderoso Hubert Pellegrini (Hervé Pierre, para quem o pai de Lupin trabalhava como motorista e que o acusou do roubo de um colar valioso de Anne (Nicole Garcia), a mulher de Hubert.
 
Se você ler resumos da série por aí, vai ver que Lupin é retratado como um “ladrão cavalheiro” que não deseja fazer mal a ninguém. É isso é verdade. 

Lupin (Omar Sy)

É preciso olhar também para a vida familiar de Lupin, pois vive uma crise no casamento com Claire (Ludivine Sagnier), de quem está separado, mas que o conhece desde a juventude. Tem ainda o filho do casal, Raoul (Etan Simon), que vai se envolver mais na trama na segunda temporada.

Lupin com a mulher Claire e o Filho 

Outra personagem importante da série é Juliette Pellegrini (Clotilde Hesme), filha de Huber, que era amiga de Lupin na adolescência. Entre eles rola uma forte atração forte, mas o "roubo" do colar os afastou.



Na realidade, Lupin pode ser considerada, até o momento que escrevo esse post, como uma minissérie, pois tem só 10 episódios.
 
A vingança de Lupin começa a tomar forma quando o tal colar roubado aparece misteriosamente e volta para as mãos dos rica e influente família Pelegrini, que planeja leiloá-lo para reverte o dinheiro para ações sociais.

Assim, o elaborado roubo no Louvre planejado por Lupin é um esforço para pegar o tal colar. Muitas aventuras acontecem a partir daí e que são mostradas nos 10 episódios. Uma pessoa importante para a concretização dos planos de Lupin é o seu melhor amigo Benjamin (Antoine Gouy)

Benjamim e Lupin

Na trama, Lupin usa vários disfarces para enganar a polícia e a família Pelegrini. Só quem chega mais perto de identificar que era ele é o detetive Youssef Guedira (Soufiane Guerrab), um detetive da polícia parisiense que faz a conexão entre os crimes de Assane e o personagem do livro Arsène Lupin, mas em quem seu chefe (corrupto e comprometido com a família) não acredita. Particularmente, acho a parte dos disfarces bem fraca, pois com o porte de Lupin, difícil não perceber que é ele por trás das roupas.

Detetive Youssef Guedira

Vale a pena assistir Lupin? Sim, inclusive porque são só 10 episódios e você vai querer se vingar também e ver Hubert Pellegrini apodrecer na cadeia junto com ele.

Tem mais resenha aqui no site: Veja se vale a pena assistir a minissérie Inacreditável.


Nenhum comentário:

Postar um comentário