sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

Resenha de séries: 5 surpresas e fatos históricos em The Crown, da Netflix

A Netflix apresenta a série The Crown como um drama, uma obra de ficção amplamente baseada em eventos históricos. Estamos falando da família real mais famosa do mundo, liderada desde meados do século XX pela Rainha Elizabeth II.

A série está entre as principais produções da Netflix e retrata acontecimentos familiares e políticos em cada episódio. A série e seus artistas já ganharam vários prêmios, como o de Melhor Série de Drama no Emmy 2021.

Em The Crown, mergulhamos em uma história recente e alguns fatos que acompanhamos no Brasil pela TV e revistas, que sempre mexem com muitas emoções.

Foram veiculadas 4 temporadas, até o momento, e 40 episódios, dos quais é possível destacar vários eventos. Fiz aqui o exercício de apontar alguns acontecimentos que me surpreenderam, filmados em cenários da época impressionantes que merecem elogios, além de figurinos e performances impecáveis do elenco.


O luxo dos figurinos de The Crown


Preparação para ser Rainha: ao saber que seria coroada rainha, a jovem Elizabeth II (Claire Foy) decidiu estudar história constitucional com o vice-reitor do tradicional Eton College, Henry Marten. Vamos dizer que ela não queria ser apenas uma "rainha decorativa" no cenário mundial e na realidade da Grã-Bretanha.


Jovem Elizabeth II (Claire Foy)


Príncipe Philip (Matt Smith,) sua revolta e sua família fragmentada: nunca imaginei que Philip fosse grego. Ainda bebê, sua família fugiu da Grécia em 1917. Na infância, foi cuidado por familiares que viviam na Inglaterra. Sua mãe era psicótica, seu pai o abandonou para correr o mundo com uma amante e suas irmãs se casaram com alemães simpatizantes do nazismo. Realmente, Elizabeth II venceu muitas resistências para se casar com Philip (que era inconstante e nervoso, nutria um certo ressentimento por precisar se submeter à Rainha, sua mulher).


Jovem Príncipe Philip (Matt Smith)


Desastre de Aberfan: retratado na 3ª temporada, esta tragédia ocorreu como resultado do colapso de uma mina de carvão localizada no sul do País de Gales, que deixou 116 crianças e 28 adultos mortos, no ano de 1966. Esse triste acontecimento me remeteu aos desastres brasileiros nas cidades de Brumadinho e Mariana, ambos em Minas Gerais. Nesta fase da série, a visita à região da tragédia na trama foi vivida pela atriz Olivia Colman, que passou a representar Elizabeth II mais velha.


Cena de Elizabeth II (Olivia Colman) em Aberfan


Margareth Thatcher (Gillian Anderson), a dona de casa: reconhecida mundialmente como "Dama de Ferro", por causa do seu estilo de liderança, seu conservadorismo e políticas de direita, a Thatcher retratada em The Crown tem uma vertente pragmática e dona de casa pois, mesmo quando discute estratégias de relações internacionais ou os problemas do Reino Unido, ela prepara o jantar ou passa roupa do marido.


 
 Margareth Thatcher (Gillian Anderson)


Lady Di (Emma Corrin) e seus dotes artísticos: em The Crown, Charles vê Diana pela primeira vez em uma sala fazendo passos de dança e se sente atraído pela jovem. Estes talentos artísticos da Lady Di aparecem em vários episódios e chama a atenção um acontecimento real de 1985, no qual o príncipe Charles e a princesa Diana compareceram a um evento na Royal Opera House, organizado especialmente para os Amigos do Convent Garden. Nesse evento, a surpresa final foi a própria princesa de Gales, que apareceu diante da plateia com um sedutor vestido de cetim branco, dançando ao lado do bailarino Wayne Sleep ao som de “Uptown Girl”, música de sucesso do cantor americano Billy Joel. Esse não era um comportamento esperado de um membro da realeza britânica e Charles, que já manifestava ciúme e irritação em relação à princesa, que conquistava o amor dos ingleses e de pessoas em outras nações, ficou bem irritado.


Lady Di (Emma Corrin)

É evidente que essa ótima série pode ser analisada de diferentes ângulos e eu poderia extrair mais fatos. Existem outras performances maravilhosas no elenco. Por enquanto, ficamos por aqui, espero seus comentários e aguardamos a estreia da 5ª temporada prevista para novembro de 2022. Você tem alguma cena de The Crown que lhe marcou mais? 

Aproveite e confira também: 

O que a série Mindhunter tem em comum com Criminal Minds?

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário