terça-feira, 30 de novembro de 2021

Pronto em até 15 minutos: Receita de pão de queijo de frigideira

Receita é ótima opção para o lanche da tarde e rende cerca de 2 porções

Em meio a tantos afazeres do cotidiano, lanches rápidos e práticos são perfeitos para quando bate aquela fome fora de hora, não é mesmo? Por isso, selecionamos esta dica da Tirolez: o pão de queijo de frigideira, que fica pronto em 15 minutinhos e leva poucos ingredientes. É uma ótima alternativa de lanche da tarde nutritivo ou para aquele café da manhã.

Confira abaixo o modo de preparo: 

Pão de queijo de Frigideira


Ingredientes
2 ovos
6 colheres (sopa) de Ricota Fresca Tirolez
2 colher (sopa) de polvilho doce
2 colher (sopa) de polvilho azedo
2 colher (sopa) de Requeijão Tirolez
Sal a gosto

Modo de Preparo

  1. Em uma tigela, bata os ovos com um garfo. Junte a ricota, mexendo bem para incorporar à mistura.  
  2. Acrescente os dois polvilhos e tempere com sal a gosto.
  3. Unte uma frigideira antiaderente despeje a massa e deixe cozinhar por dois minutos em fogo baixo.
  4. Vire para dourar do outro lado mais um minuto.
  5. Sirva em seguida.

Se você é fã de pão de queijo, não pode deixar de experimentar este mineiríssimo com calabresa e pimenta biquinho.

sábado, 27 de novembro de 2021

Resenha: Vale a pena beber a Smirnoff Seltzer Orange e Grapefruit?

De volta às resenhas das bebidas ready to drink (prontas para beber), eu resolvi comprar a Smirnoff Seltzer Orange & Grapefruit, que combina água gaseificada, vodka e infusão de laranja e grapefruit (aromatizantes).


Quanto a gente lê a palavra "seltzer" surge a pergunta: o que é isso? Mas, o termo diz respeito à água com gás, que é a base dessas bebidas, como você pode ver nessa resenha da Smirnoff Ice aqui no site.

Na realidade, o produto é água gaseificada com vodka (o primeiro ingrediente citado na composição é o que predomina). Essa bebida tem 4,7% de teor alcoólico, menor que o da versão Ice.

De maneira geral, o sabor dessa bebida é muito suave, parece que é só água mesmo. Os aromatizantes Orange e Grapefuit ficam bem lá no fundo e não são naturais. Particularmente, não me deu vontade de tomar outra latinha. Mas, ainda quero conhecer as versões "seltzer" de outras marcas para compartilhar com vocês 


Já tomou essa Smirnoff Seltzer? Deixa aí seu comentário!
 
Aproveita e confere a resenha da nova linha Skol Beats Zodiac - sabores Terra e Fogo? 

 

Resenha: Restaurante Casa Raw

Coloquei em prática o desejo de conhecer novos restaurantes, nesse momento pós-pandemia (mesmo com essa nova cepa nos rondando). Então, fui com meu namorado e minha irmã almoçar na Casa Raw, um restaurante vegano localizado nas Perdizes (R. Dr. Franco da Rocha, 515). Além do estilo de culinária, eu o escolhi por ser um espaço ao ar livre, entre as árvores e plantas, por ter música ao vivo - bons atrativos para sairmos da rotina depois de meses e meses em casa.



Para a entrada, escolhemos os macios e saborosos bolinhos de falafel, cuja porção era suficiente para dividir entre três pessoas.  



Eu escolhi essa deliciosa lasanha com finas lâminas de palmito pupunha com shitake envoltos em um delicioso molho cremoso de cogumelos e castanha de caju com tomate e um toque de queijo feta para finalizar.

  

Minha irmã foi de Spaghetti de pupunha e abobrinha com molho refrescante a base de tofu, aromatizado com cascas de limão siciliano e sal negro. Servido com cogumelo shitake assado e finalizado com lascas de alho crocante, pimenta calabresa e folhas de rúcula. Lindo e delicioso, mas ela precisou colocar um pouco mais de sal.  

 

Essa foi a aposta do meu namorado: nhoque de abóbora preparado com castanhas do Pará, assado e servido com um suculento molho rústico de tomate finalizado com pesto de manjericão e parmesão da casa. Uma porção generosa e gostosa.


Para beber, eu escolhi o TROPICALIA. um drink delicioso preparado com Cachaça Orgânica Yaguara, abacaxi, gengibre, melado de cana, limão siciliano e capim santo. Muito boa combinação, recomendo!



Para sobremesa, a minha escolha foi a torta de chocolate com base de amêndoas e tâmaras, recheio cremoso de mousse de cacau com laranja, cobertura de chocolate amma, finalizada com nibs de cacau e raspas de laranja. Muito boa a opção, com as notas de laranja.


Pedimos também o Tiramisu, mas não tiramos foto, pois ele estava na embalagem para viagem. De forma geral, não lembrava um tiramisu, pois tinha uma consistência pesada e sem café. Achamos que faltava o gostinho do açúcar (dá para ir de açúcar mascavo ou demerara) e salgado. Minha sugestão seria para reverem a receita, mesmo sendo uma versão plant-based.

Considerações gerais: Como se lê em comentários no Google, o preço do restaurante não é dos mais acessíveis. O valor médio por pessoa vai girar entre R$ 100,00 a 150,00, considerando entrada + prato principal + sobremesa + bebida + couvert artístico. Creio que a melhor opção é ir no horário de almoço durante a semana, pois tem promoção (prato + sobremesa + saladinha).

Para um lugar vegano, faltam opções de suco no cardápio. São apenas 2 combinações que custavam R$ 16,00 quando fomos. Um suco básico de laranja com alguma combinação já ajudaria.  

Até filmei a música ao vivo, mas estava longe da banda e acho melhor não postar (rsrs). Vale a pena comer na Casa Raw? Com certeza, foi uma boa experiência e estou na estrada para ir a outros locais especiais. 

Aproveite e conheça outros posts sobre o universo vegano, como essa receita de Estrogonofe de Couve-flor.  


sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Eu fui Hamburgueria Meats na Rua dos Pinheiros

São Paulo tem muitos restaurantes, hamburguerias, lanchonetes, sorveterias e todos os lugares nos quais pode comer, de diferentes especialidades. Lugares abrem e fecham e, com a pandemia, este cenário mudou ainda mais radicalmente. 

Eu voltei, agora, a ir sair e procuro locais com poucas aglomerações. Vou falar para vocês do meu passeio com a Sandra Santos, colaboradora do site. Marcamos um encontro na Rua Pinheiros para um almoço e decidimos ir à Meats, uma hamburgueira, pois ela estava com a sobrinha de 8 anos.

Preciso disser que a Rua dos Pinheiros está muito mais interessante para se passear, considerando que faz anos que não vou por lá. Acredito que seja em função dos novos prédios na região, que atrai um público "descolado".

Hamburgueria Meats

A distância entre as mesas do Meats estava OK, o atendimento foi tranquilo e atencioso. Pedimos de entrada batatas fritas rústicas com carne louca, que estavam uma delícia - é um prato que recomendo.

Batata frita com carne louca

Pedi um Pisco Sour, uma bebida tradicional no Peru que leva clara de ovo e limão. Acho que foi a primeira vez que bebi esse coquetel. Fiquei com receio, mas o sabor estava muito suave (confesso que continuo preferindo as Margueritas. Mas, tenho que tomar mais vezes o pisco). 

Pisco sour

Como sanduíche, pedi um Brioche de mandioquinha, smashed de 100g, queijo provolone, alface fininha, cebola caramelada, ketchup de maracujá e chuva de bacon. Estava muito bom e não era muito grande. Só não senti o sabor do tal ketchup de maracujá. 


Vale a pena ir ao Meats e saborear as opções do cardápio. Dependendo da sua fome e do que pedir, poderá gastar entre R$ 60,00 a R$ 100,00 por pessoa, em média.


 De lá, demos uma voltinha e fomos tomar um sorvetinho no Bacio di Latte (que estava com fila).

Hora de refrescar

Registro do encontro para a posteridade ;) 

Sandra e eu

Para acompanhar outras resenhas de locais, indico esse post sobre o Restaurante Jacarandá .
 


 

Suflê de Romeu e Julieta

Que tal aproveitar o fim de semana para fazer pratos deliciosos? A Tirolez ensina a fazer o Suflê de Romeu e Julieta traz a combinação amada por todos, com uma proposta de montagem charmosa e encantadora.

Suflê de Romeu e Julieta

Divulgação Tirolez

Ingredientes


Suflê:
Manteiga Sem Sal Tirolez e açúcar para untar e polvilhar
4 ovos com claras e gemas separadas (280 g)
¼ de colher (chá) de sal
1 embalagem de Creme de Queijo Minas Frescal (200 g)
¼ de xícara (chá) de açúcar (40g)

Calda:
1 xícara (chá) de goiabada cremosa (150 g)

Modo de Preparo


Suflê:
- Unte 8 ramequins – pequeno pote de cerâmica – (7,5 cm de diâmetro) e polvilhe açúcar sobre o fundo
- Na batedeira, bata as claras em neve e adicione o sal.
- Em outra tigela, bata o Creme de Queijo Minas Frescal Tirolez com as gemas e o açúcar, em velocidade máxima, por 3 minutos.
- Adicione as claras em neve e misture com um garfo ou fouet delicadamente, de baixo para cima.
- Distribua a massa nos ramequins e asse em temperatura de 180 ºC por 25 minutos.
- Enquanto o suflê assa, faça a calda: bata a goiabada com um garfo ou fouet para deixá-la mais cremosa.

Montagem:
- Cubra o suflê com a calda de goiabada ou sirva a calda à parte em um pote menor.

Aproveite e experimente fazer Suspiros recheados com brigadeiros. Você vai se apaixonar!



Receita Cheesecake de Cerejas ao Vinho do Porto

Que tal surpreender a todos em casa neste fim de semana? Para isso, Piraquê, marca de snacks, biscoitos e massas da M. Dias Branco, sugere a irresistível Cheesecake de Cerejas ao Vinho do Porto. O sabor do vinho harmoniza perfeitamente com o cream cheese e o suco de limão, proporcionando um sabor único e marcante.

A receita fica pronta em 60 minutos e rende 10 porções. Confira abaixo o modo de preparo:


Cheesecake de Cerejas ao Vinho do Porto

Divulgação



Ingredientes:

Base:
200 g de Biscoito Maizena Piraquê
1/4 de xícara (chá) de açúcar mascavo
100 g de manteiga em temperatura ambiente

Creme:
6 ovos,
3 xícaras (chá) de açúcar
600 g de cream cheese
suco de 1 limão
1 colher (chá) de aroma de baunilha

Geleia de cereja e vinho do Porto:
500 g de cerejas frescas sem caroço (ou congeladas)
1 xícara (chá) de açúcar
suco de 1 limão
1/2 maçã sem casca ralada
1/3 de xícara (chá) de vinho do porto

Modo de Preparo:

Base:
1. Triture o biscoito até farofa fina.
2. Em um recipiente, junte o biscoito, o açúcar mascavo e a manteiga até obter uma massa homogênea.
3. Forre uma forma de fundo removível de 24 cm de diâmetro com a massa, pressionando com uma colher para que a superfície fique lisa. Leve à geladeira.

Creme:
1. Na batedeira, bata os ovos por 1 minuto. Acrescente os ingredientes restantes e bata por mais 20 minutos em velocidade baixa.
2. Despeje o creme sobre a massa gelada.
3. Asse em forno preaquecido a 160 °C, por cerca de 50 minutos ou até que a superfície esteja dourada. Aguarde esfriar e refrigere por, pelo menos, quatro horas antes de servir.

Geleia de cereja e vinho do Porto:
1. Separe 100 g das cerejas e reserve.
2. Pique o restante grosseiramente ou coloque no multiprocessador.
3. Leve ao fogo as cerejas picadas, o açúcar, 100 ml de água, o suco de limão e a maçã ralada.
4. Cozinhe até a consistência de purê leve. Adicione o vinho do porto e o restante das cerejas. Cozinhe mais um pouco, espere esfriar e reserve resfriado.

Montagem:
1. Na hora de servir, desenforme a cheesecake e cubra com a geleia de cerejas.

Rendimento: 10 porções
Tempo de Preparo: 60 minutos

Para você que gosta de elaborar sobremesas, a Torta de Banana da Terra é outra opção para o seu cardápio. É só clicar no link acima e conferir. É uma delícia!!!! 

quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Síndrome Pós-Covid: 25% dos recuperados apresentam sintomas meses após o fim da infecção

 Diversos estudos1,2 apontam que pelo menos um quarto das pessoas infectadas pela Covid-19 apresentam algum sintoma que afeta a saúde e a qualidade de vida mesmo após a fase aguda da doença. Os problemas da chamada síndrome Pós-Covid ou Covid Longa persistem até 90 dias após a cura e vão de fadiga, cefaleia, sequelas respiratórias, cardíacas, renais até sintomas neurológicos que prejudicam a cognição e a capacidade de concentração.

“Quanto mais grave foi a doença, por exemplo, se a pessoa ficou internada em terapia intensiva, necessitou de oxigênio, maior o risco de apresentar problemas respiratórios, como fibrose pulmonar, ou redução da função cardíaca”, explica a médica infectologista Rosana Richtmann, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.
O cardiologista Hélio Osmo, gerente executivo da área médica da Farmacêutica Zambon e presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica, concorda com a médica e diz que sem dúvida alguma o principal órgão afetado é o pulmão. “Oitenta por cento das pessoas que ficaram internadas têm falta de ar por um período prolongado. Muitas ficaram intubadas e apresentam depois fibrose pulmonar. Outras têm dificuldade de absorção de ferro, o que gera anemia, infecções virais frequentes ou desenvolveram sarcopenia, que é a perda de massa muscular”. Para recuperação total desses pacientes, segundo Dr. Osmo, será preciso muita fisioterapia por seis meses ou até um ano.

Além das questões muscular e respiratória, há relatos nos estudos de uma variedade de outros sintomas. A fadiga e a dificuldade de realizar tarefas simples são queixas comuns inclusive em pessoas que tiveram quadro leve a moderado, em especial nas mulheres, revela a infectologista. Podem persistir, também, alterações de olfato e paladar, queda acentuada de cabelo, zumbido no ouvido, palpitações, ansiedade e depressão. Aliás, o cérebro é um dos órgãos mais afetados no pós-Covid3.



Lapsos de memória, falta de foco e concentração são frequentes, prejudicando o desempenho profissional e abalando a confiança dos pacientes. Dra. Rosana explica que o problema é conhecido como “brain fog” por criar uma névoa cerebral. “Quando a pessoa não consegue produzir uma planilha ou fazer cálculos matemáticos com a mesma agilidade, e o tempo passa e ela não está recuperando essa habilidade, ela percebe que a sua capacidade cognitiva está prejudicada. Isso gera ansiedade e depressão, porque ela quer de volta a vida que tinha antes”, alerta Dra. Rosana Richtmann, fazendo um apelo aos colegas médicos para valorizar a queixa dos pacientes. “Esses sintomas não podem ser desprezados. Não é frescura. É preciso acolher e dar esse conforto ao paciente porque realmente ele está sofrendo”, afirma.

A infectologista diz que o Brasil não está preparado para lidar com a Síndrome Pós-Covid porque o país não possui centros de atendimento multiprofissional que reúnem num mesmo local
especialidades como psiquiatria, cardiologia, pneumologia, endocrinologia, infectologia e clínica médica. “Os poucos centros existentes já não estão dando conta do atendimento. Isso faz com que o paciente tenha que percorrer vários consultórios médicos e isso pode fazer com que ele desanime”, lamenta.

Referências:

  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7852236/
  2. https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/long-term-effects/index.html
  3. https://www.nature.com/articles/s41591-021-01283-z

Sobre a Zambon

A Zambon é uma multinacional de origem italiana que atua na linha farmacêutica e de química fina desde 1906. É globalmente reconhecida por sua linha respiratória com produtos de ação mucolítica e antioxidante, e no Brasil atua em 5 grandes áreas terapêuticas: respiratória, saúde feminina, dor, sistema nervoso central e doenças raras. Mantendo seu foco em inovação e cuidado com as pessoas, a farmacêutica investe no lançamento de medicamentos e soluções de saúde modernas para que os pacientes, consumidores e colaboradores desfrutem profundamente cada momento, afinal, está no centro de nosso propósito a diferenciação entre viver e viver verdadeiramente. Esta é a Zambon: uma empresa inovadora composta por pessoas altamente qualificadas, que partilham os mesmos valores e estão em constante evolução para lidar com cenários em constante evolução.


Aqui tem outra matéria interessante relacionada à Covid. É só clicar neste link

segunda-feira, 22 de novembro de 2021

Loucos por risoto: conheça um pouco desse prato que conquistou o brasileiro

 Chef Thiago Ribeiro ensina como fazer um risoto de damasco com brie e leite de coco

O risoto caiu nas gralhas do brasileiro. Um prato rápido e muito apreciado na culinária mundial, o risoto ganhou diferentes versões, sabores e é uma boa pedida para quem não renuncia a um prato suculento e apetitoso.

De origem italiana, a palavra risoto significa, literalmente, “pequeno arroz” ou “arrozinho”. De acordo com historiadores, o prato teria surgido na região da Lombardia, norte da Itália, no século XI, quando o sul do país era dominado pelos Sarracenos, povo que introduziu o grão utilizado na preparação. A partir da Sicília, o produto tomou o rumo norte da Itália.

No Brasil, como tantos outros pratos que compõe a rica culinária brasileira, o risoto chegou com a imigração italiana, em meados do século XIX e, aqui, ele ganhou novas variações ingredientes bem característicos de cada região do país como: carnes, crustáceos, frango, pato, queijos e outros.

Se você é daqueles que aprecia a boa comida, não pode deixar de fazer essa receita rápida e super gostosa de risoto de damasco com brie e leite de como do Chef Thiago Ribeiro. Confira o passo a passo!

Risoto de damasco com brie e leite de coco


Ingredientes

200 g de queijo tipo brie picado em pedaços grandes
1/2 xícara de damascos secos picados
200 ml de leite de coco concentrado
800 ml de caldo de legumes
1 colher de sopa de Óleo de Coco sem Sabor
1 cebola média picada
1 dente de alho amassado
2 xícaras de arroz arbóreo (especial para risotos)
2 cálices de vinho branco seco
Azeite extra virgem para finalizar
100 g de queijo parmesão ralado grosso
Sal e pimenta do reino a gosto.

Modo de Preparo

Refogue a cebola no óleo até ficar translúcida.
Acrescente o alho e refogue rapidamente.
Em seguida, adicione o arroz e refogue até ficar ligeiramente tostado
Acrescente os cálices de vinho e mexa até evaporar completamente.
Em seguida, adicione o leite de coco e um pouco do caldo de legumes, misture sem parar até evaporar completamente.
Repita o processo adicionando o caldo de legumes algumas vezes até que o arroz esteja al dente.
Próximo ao final da incorporação do caldo, adicione o queijo brie e os damascos picados.
Finalize adicionando azeite e o queijo parmesão ralado, misture rapidamente.
 
Sirva ainda quente em porções individuais regando azeite e salpicando pequenos pedaços de damasco por cima.

sábado, 20 de novembro de 2021

Almoço de domingo: confira três dicas de receitas para surpreender a família em casa

 Mimoo ensina como preparar Tomate aos Dois Queijos, Mac & Cheese e Bolo de Fubá

O almoço de domingo é sempre mais especial, pois representa a oportunidade de reunir a família à mesa para compartilhar histórias e afeto. É o momento ideal para surpreender a família, por isso, Mimoo, marca de alimentos saborosos e que cabem no seu bolso, trouxe três dicas de receitas saborosas para incluir no cardápio e agradar a todos.

Para servir de entrada, a sugestão é o Tomate aos Dois Queijos, que rende cerca de quatro porções, com um sabor indescritível. Como prato principal, Mimoo indica o irresistível e cremoso Mac & Cheese e, finalizando com chave de ouro, o Bolo de Fubá, que rende cerca de 16 porções e promete arrancar suspiros de toda família.

Confira abaixo o modo de preparo abaixo. Bom apetite!

Tomate aos Dois Queijos


Ingredientes
- 4 tomates caqui grandes 
- 2 xícaras (chá) de arroz cozido 
- ½ xícara (chá) de pimenta biquinho picada 
- ½ xícara (chá) de Requeijão Cremoso Mimoo
- 2 colheres (sopa) de salsinha picada 
- Sal, pimenta-do-reino e noz moscada 
- 1 embalagem Queijo Ralado Mimoo

Modo de Preparo
Lave os tomates, enxugue-os e corte a tampa de cada um deles. Com o auxílio de uma colher retire as sementes e a polpa, tomando cuidado para não romper os tomates. Reserve.
Sirva como entrada ou como acompanhamento de carnes assadas ou grelhadas.



Mac & Cheese

Ingredientes
- 500 g de macarrão já cozido do tipo caracol, parafuso ou penne.
- 4 xícaras de chá de Creme de Leite fresco.
- 1 colher de sopa de Manteiga Com Sal Mimoo
- 1 colher de café de noz-moscada
- 1/2 cebola picadinha.
- 8 colheres de sopa de Queijo Ralado Mimoo
- 400 g de Queijo Mussarela ralado.
- Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de Preparo
Refogue a cebola na manteiga e acrescente o Creme de Leite.
Tempere com sal, pimenta-do-reino e noz-moscada.
Coloque o macarrão já cozido em um refratário untado e que possa ir ao forno.
Regue com a parte restante do creme de leite, misture até ficar homogêneo
Asse por 25 a 30 minutos em forno pré-aquecido a 180 graus ou até que fique gratinado.



Bolo de Fubá

Ingredientes
- 4 gemas 
- 1 xícara (chá) de adoçante culinário (forno e fogão) 
- ¾ de xícara (chá) de farinha de trigo peneirada 
- ¾ de xícara (chá) de fubá 
- 1 colher (sopa) de fermento em pó 
- ¾ de xícara (chá) de leite desnatado 
- 4 claras em neve 
- 2 colheres (sopa) de Requeijão Cremoso Mimoo 
- 1 colher (sopa) de sementes de erva-doce

Modo de Preparo
Bata na batedeira as gemas com o adoçante e a margarina. Desligue o aparelho e misture delicadamente a farinha, o fubá e o fermento peneirados e o leite.
Acrescente as claras em neve, o Requeijão Cremoso Mimoo e a erva-doce.
Coloque em uma fôrma untada com Manteiga Sem Sal Mimoo leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 45 minutos, aproximadamente.
Espere esfriar um pouco, desinforme e polvilhe com canela em pó (opcional).

Clique aqui e confira outra sugestão para o seu almoço de domingo ficar mais delicioso!


sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Aprenda 4 coquetéis para servir nas festas de fim de ano e se refrescar no verão

Especialmente para as festas de fim de ano, o bartender, Heitor Marin, a convite da Azuma Kirin criou quatro receitas de drinks fáceis, porém sofisticados para replicarem em casa. Refrescantes e instagramáveis, os coquetéis prometem fazer bonito no verão e nas celebrações. Confira!

TROPICAL SUNSET

Ingredientes
80ml de Sake Azuma Kirin Soft
5 cubos de abacaxi
8 folhas de hortelã
10ml de Simple Syrup
10ml de licor de cassis
 
Modo de preparo
Na sua coqueteleira, acrescente os pedaços de abacaxi, a hortelã, o Azuma Kirin Soft, o xarope simples de açúcar, o licor de cassis e macere bem. Depois, acrescente gelo e bata.
Em um copo longo, acrescente gelo, coe o coquetel e o sirva.

 

SWEET VIOLET

Ingredientes
60ml de Sake Azuma Kirin Nama
20ml de suco de tangerina
10ml de licor de violetas
15ml de xarope de mel artesanal
 
Modo de preparo
Em uma coqueteleira, acrescente o Azuma Kirin Nama previamente resfriado, o xarope de mel, o licor de violetas e o suco de tangerina. Depois, bata bem.
Em uma taça martini pequena, previamente resfriada, adicione o coquetel e sirva.


ORANGE DRY


Ingredientes
80ml de Sake Azuma Kirin Guinjo
10 folhas de hortelã
20ml de xarope de casca de laranja-baía
10ml de licor Cherry Brandy
40ml de espumante Cave Geisse

Modo de preparo
Na sua coqueteleira, adicione o Azuma Kirin Guinjo, as folhinhas de hortelã, o licor Cherry Brandy, o xarope de casca de laranja-baía e bata bem.
Na sua taça balloon, acrescente gelo, coe o coquetel e o sirva.

 

ORIENTAL BREEZE

Ingredientes
60ml de Sake Azuma Kirin Soft
15ml de xarope artesanal de manjericão
20ml de suco de tangerina
60ml de água com gás

Modo de preparo
Em um copo longo, acrescente o Sake Azuma Kirin Soft, o xarope de manjericão, o suco de tangerina, gelo e complete com água com gás. Mexa suavemente e sirva.

Aproveite que o fim de semana e confira a resenha sobre a Schweppes Vodka & Citrus



Aproveite 



quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Receita rápida e saborosa de Macarrão Cremoso

Para aqueles dias de preguiça, a Tirolez, uma das mais tradicionais marcas de laticínios do País, sugere um prato rápido e saboroso de Macarrão Cremoso. Com a praticidade no preparo, que leva apenas 20 minutos, sobra mais tempo para descansar e curtir o dia na companhia da família ou amigos.

Confira abaixo a receita:


Macarrão Cremoso Tirolez

Ingredientes:

1 pacote de macarrão tipo fusilli (parafuso) (500 g)
2 colheres (sopa) de óleo (26 ml)
2 colheres (sopa) de Manteiga sem Sal Tirolez (26 g)
½ xícara (chá) de bacon em cubos (50 g)
1 cebola pequena picada (80 g)
100 g de salmão defumado picado
1 ½ xícara (chá) de palmito em conserva em rodelas (200 g)
1 embalagem de Creme de Queijo Minas Frescal Tirolez (220 g)
¼ de maço de manjericão (somente as folhas) (20 g)

Modo de preparo:

- Cozinhe o macarrão em água fervente abundante por 11 minutos ou até que a massa fique al dente (bem cozida, mas um pouco firme no miolo). Escorra, resfrie e coloque o óleo, para a massa não grudar.

- Em uma panela média (20 cm de diâmetro), derreta a manteiga em fogo médio e frite o bacon. Adicione a cebola e refogue, mexendo até dourar.

- Acrescente o salmão, o palmito e o creme de queijo, misture bem e deixe levantar fervura. Apague o fogo e misture com o macarrão reservado. Finalize com as folhas de manjericão e sirva quente.

  • Tempo de preparo: 20 minutos
  • Rendimento: 4 a 6 porções

Você também pode saborear um Foundue na Cestinha. Clica aqui para conferir mais esta deliciosa sugestão da Tirolez. 

sábado, 13 de novembro de 2021

O que esperar da quarta temporada de Candice Renoir?

O canal AXN está passando, atualmente, a quarta temporada de Candice Renoir. Já comentei aqui no site sobre a série e os envolvimentos amorosos da protagonista e do relacionamento com os colegas de trabalho.

Candice Renoir

Ainda não assisti a todos os episódios e nem quero dar muito spoiler dos acontecimentos, mas Candice (Cécile Bois)  tem mais crises psicológicas, amorosas e de família nesta temporada, inclusive insegurança em relação ao seu jeito de liderar as investigações. 

Antoine Dumas

A temporada começa com Antoine Dumas (Raphael Lenglet) em outra equipe e com uma nova chefe Sylvie Leclerc (Nathalie Boutefeu) muito agressiva na abordagem, que não gosta do estilo de Candice conduzir o trabalho. Renoir vai se questionar, ficar insegura e, até pintar o cabelo de castanho e deixar de lado as roupas cor de rosa por algum tempo.

Dumas não se adapta e volta para sua antiga equipe. Entretanto, a distância da antiga chefe não demora muito tempo, pois Sylvie é nomeada a nova comissária.  Ops...já estou começando com spoiler.  

O que mais vai acontecer de interessante? Você vai conhecer a mãe de Candice Renoir e o drama familiar que a ronda; vai ver a crise no relacionamento dela com David Canovas (Stéphane Blancafort); a retomada do romance com Dumas, que a deixa em uma encruzilhada; e a entrada de um novo membro na equipe Mehdi Badhou (Ali Marhyar), que parece meio tolo, mas consegue ter boas percepções durante as investigações.  

Romance e drama estão em alta na quarta temporada. Assista!  

David Canovas

Quer mais posts sobre séries? Sugiro a leitura de Vale a pena assistir o seriado The Fall?

  

 

    

sexta-feira, 12 de novembro de 2021

A onda das paletas mexicanas passou, mas ficou a marca Los Los Sorvetes

Quem aqui gosta de sorvete? As chamadas paletas mexicanas, picolés artesanais e recheados, que viraram moda a partir de 2013, vieram como uma onda, várias lojas abriram em shoppings e tínhamos filas de consumidores que aguardavam para comprar o seu sabor preferido. 

Eu mesma cheguei a escrever alguns posts sobre o assunto, como este da marca Cheff Paletero em Peruíbe (SP) e este outro da inauguração da Paleteca, na região da Vila Mariana. Mas, a onda das paletas passou para a maioria das pessoas, menos para mim. 

Eu não gosto tanto dos sorvetes comerciais, que parecem uma espuma leve e sem sabor.  Felizmente, encontrei na Los Los, uma marca de sorvetes que compro sempre (esse post não é comercial, estou compartilhando minha experiência)


A Los Los tem geladeiras nas lojas da Cobasi (de produtos para pets) em São Paulo. Confesso que cada vez que passo lá para comprar ração e petiscos para meus pets, eu tenho levado para casa algumas paletas, como a de coco com brigadeiro, tapioca com leite condensado, doce de leite, entre outros sabores. Só de escrever este post, tenho vontade de comer um ;) 



Outras versões que eu provei e aprovei foram as de Doce De Leite, a de Maracujá e a nova de Morango. Os sorvetes são diferenciados porque a gente sente realmente a presença da fruta e não apenas aquele sabor artificial (ou nem isso) e leite condensado é tudo de bom ;).


 Você tem alguma marca de sorvete de preferência? Viveu a onda das paletas e sente saudade? Deixe aqui seu comentário.