sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Adoçantes ou açúcares artificiais realmente ajudam a emagrecer?

 


Será que os adoçantes realmente ajudam a emagrecer? Será que podem acarretar algum prejuízo à saúde? A nutricionista Fernanda Brunacci, da ViBe Saúde (app de saúde) digital) responde às perguntas mais frequentes sobre esse tema realizadas pela equipe do site Glamour e Felicidade. Confira!

 

Que tipos de adoçantes existem?

Os edulcorantes (adoçantes) podem ser naturais ou artificiais. Dentre os naturais, os mais comuns são: eritrol, manitol, stevia e xilitol. Dentre os artificiais, temos aspartame, sucralose, sacarina e ciclamato. Estes 2 últimos são derivados do petróleo.

 

Qual a principal diferença entre os adoçantes e o açúcar normal?

A principal diferença é o poder de dulçor. Os adoçantes podem apresentar um poder de dulçor até 300x superior ao açúcar e, por causa disso, a quantidade usada é pequena. Um grama de açúcar oferece 4kcal, ou seja, uma colher de chá oferece em torno de 20 kcal. Já um sachê de adoçante tem um valor calórico mínimo.

 

Trocar o açúcar pelo adoçante ajuda a emagrecer?

A substituição pode ser uma alternativa na perda de peso. Entretanto, se a pessoa consome pouca quantidade de açúcar no dia a dia e não tem diabetes, muitas vezes não existe necessidade da troca. Neste caso, pode ser mais viável adotar um plano alimentar hipocalórico - manter o açúcar do cafezinho ou do suco. O mais importante é a pessoa mudar seu paladar e rever seu consumo de doces. De pouco irá adiantar adoçar um suco com edulcorante e consumir sobremesa diariamente. Minha orientação, para pessoas não diabéticas, é o consumo de sucos e bebidas com pouco ou nenhum açúcar. Se a pessoa ingere grande quantidade de sucos, chás, café e não se adaptar à exclusão do açúcar, os adoçantes são a solução.

 

Açúcares tipo demerara ou magro são menos ou mais saudáveis que adoçante?
Os açúcares brancos como o refinado, cristal e de confeiteiro são aqueles que passaram por vários processamentos e não conservam nenhum micronutriente. Já o açúcar demerara passa por um refinamento, preservando um pouco de micronutrientes. A forma mais bruta do açúcar, o mascavo, não passa por nenhum processo de refinamento, sendo a forma mais saudável para consumo.

 

Os adoçantes podem trazer algum risco à saúde?

Os adoçantes não trazem riscos eminentes à saúde. Todo adoçante atualmente no mercado é seguro, desde que consumido dentro dos valores indicados pelo médico ou nutricionista. Os edulcorantes como a stevia, sucralose, sacarina e xilitol podem alterar a microbiota intestinal e causar um leve desconforto. Nenhum excesso alimentar é saudável, nem de adoçante e nem de açúcar.

 

Quem possui diabetes deve optar por qual tipo de adoçante/açúcar?

Pacientes que são diabéticos podem usar adoçantes, sempre com moderação e desde que não estejam gestantes.

 

O que é a diabetes gestacional?

O diabetes gestacional é uma patologia que pode aparecer a partir da 24ª semana gestacional. Alguns hormônios produzidos pela placenta reduzem a ação do hormônio insulina, que é o responsável pela captação da glicose. Para compensar, o pâncreas prontamente aumenta a produção da insulina, porém, em algumas gestações, esse processo não ocorre de maneira eficaz, causando a diabetes gestacional.

 

ViBe Saúde - Dentre os profissionais que podem ser fontes para futuras matérias estão: médicos com especialidades em clínica geral, nefrologia, saúde da mulher, nutricionistas, psicólogos, mindfulness, educadores físicos, entre outros. 


Saiba mais em: vibesaude.com 

Veja aqui no Blog a matéria sobre como a Diabetes gestacional pode afetar a saúde do bebê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário