terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Receita de doce fitness: Torta Low Carb de Coco

 Para quem entrou na vida fitness, mas não consegue largar de um docinho, essa receita é ideal 

Treinar, correr, andar de bicicleta...Se você quer emagrecer ou manter o peso, mas não abre mão de um docinho, a chef Patrícia da Paz apresenta uma receita Low Carb, com poucos carboidratos: uma Torta de Coco. Confere os ingredientes e o modo de preparo.



Torta Low Carb de Coco


Para a massa:


50gm farinha de linhaça

50gm farinha de arroz

100gm Farinha de Amendoim

50gm açúcar mascavo

50ml óleo de Coco ou óleo vegetal

 

Recheio:

300ml leite de coco

200gm coco fresco

50gm açúcar mascavo ou demerara

200ml água

noz moscada a gosto

 

Modo de Preparo:


Massa:

misturar os ingredientes secos, colocar o óleo de coco e misturar com a ponta dos dedos até formar uma farofa. Assim que sentir que todos.os ingredientes estão incorporados, abra a massa em uma forma, de preferência que tenha o fundo removível. Leve para.assar em forno pré aquecido em 180gm por .cerca de 15 minutos. Retire após dourar e deixe esfriar. Reserve.

Recheio:

Em uma nela leve ao fogo o coco e o açúcar com metade da água. Deixe cozinhar em fogo baixo. Quando secar, mexa até sentir que começou a caramelizar (neste ponto, você decide se quer o ponto mais escuro ou claro) adicione o restante da água e o leite de coco e deixe ferver mais um pouco até ficar cremoso. Desligue o fogo, acrescente a noz moscada, deixe esfriar um pouco mais e, quando estiver morno, cubra amassa já fria com este recheio. Leve para a geladeira por 2 horas. Se desejar, pode decorar com frutas secas, oleaginosas ou cereais. Aproveite!

Serviço: Patrícia da Paz

Personal Chef

Cozinha Personalizada

Contato: 41. 99779-6086 

Instagram:@chefpatriciadapaz 

 

Confira também esta outra receita de bolo gelado Low Carb.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Tábua de frios: saiba a diferença entre cada tipo de salame e suas melhores combinações

Na elaboração de uma tábua de frios, para acompanhar os salames,
 os queijos são uma saída sem erro
Créditos: Envato Imagens

De origem italiana, os salames estão presentes nas mais variadas receitas ao redor do mundo. Com diversas versões, temperos e formas de consumo, a iguaria se popularizou, principalmente no Brasil. Quase sempre compostos pelo mesmo tipo de carne, que consiste em uma mistura de carne de paleta suína e a gordura de toucinho lomba, são os calibres, temperos e formatos que diferenciam cada variedade. 

O salame tipo italiano, mais popular de todos, precisa de aproximadamente 50 dias de processo para ficar pronto. A coordenadora de produção da indústria de alimentos Alegra,  Marina Manfroi Maschio Kiefer, explica que a granulometria de moagem é um dos fatores que diferencia os tipos de salame. “No salame tipo italiano, o disco de moagem usado tem 6mm. Diferente do tipo hamburguês, que usa 4mm, o que difere na aparência do produto no momento do corte. Além disso, ambos recebem quantidades próximas de gordura, o que muda é somente a forma como ela aparece em cada um”, conta. 

Por ter um calibre maior, característica que auxilia na diferenciação dos tipos de salame, o Hamburguês leva cerca de 60 dias para ficar pronto. Além disso, essa versão ainda conta com pimenta preta em grãos para dar mais sabor ao produto. “O salame tipo hamburguês é um produto com sabor diferenciado. Além da pimenta em grãos, característica que o consumidor nota já no corte, o produto possui diversas especiarias em sua formulação, como noz moscada, coentro e cravo.”, ressalta a coordenadora. 

Já o salaminho, que é uma versão menor do salame Italiano, ganha a vantagem de ter o tempo de preparo mais ágil. “O tempero é o mesmo no salame Italiano e no salaminho, porém, como ele tem um calibre de embutimento de 45mm, diferente dos 70mm usados no italiano, seu processo de preparo dura somente 30 dias”, explica Marina.

Na elaboração de uma tábua de frios, para acompanhar os salames, os queijos são uma saída sem erro. Tipos como Mussarela, Parmesão, Gorgonzola, Brie e Provolone são excelentes opções. E, para complementar, torradas, pequenas fatias de pães e algumas variedades de patês também podem combinar.

Para quem pensa em um prato ainda mais elaborado, acrescentar palmitos, azeitonas, frutas frescas, como morangos e uvas, e ainda alguns legumes, como cenouras, pepinos, tomates e aspargos, pode trazer mais sofisticação e variedade ao cardápio. 

O salame também pode ser apreciado com um belo Pão de Queijo. Mas, também pode acompanhar outros petiscos, como Bolinhos de Tapioca com Queijo Mussarela. Vale a pena experimentar!!!

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

É coxinha, mas é creme...

 Chef Melchior Neto ensina versão mini da famosa Coxa Creme

O chef Melchior Neto, do Gema Restaurante, preparou essa versão especial da coxa creme, petisco clássico amado por todo o Brasil, usando a coxinha da asa. Venha aprender a preparar esse quitute maravilhoso!

INGREDIENTES

1kg de coxinha da asa

1 colher (sopa) de páprica picante

3 colheres (sopa) de azeite

3 colheres (sopa) de manteiga

Sal a gosto

2 copos de água

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

2 xícaras (chá) do caldo do cozimento

2 xícaras (chá) de leite

1 litro de óleo

 


PARA EMPANAR

2 xícaras (chá) de farinha de rosca

2 ovos

MOLHO DE GORGONZOLA E MEL

2 colheres (sopa) de creme de leite

100g de gorgonzola

2 colheres (sopa) de mel

Sal e pimenta do reino


MODO DE PREPARO

Tempere as coxinhas com páprica picante e sal, frite as coxinhas no azeite até dourar. Em seguida adicione a água, tampe a panela e deixe cozinhar em fogo alto por 20 minutos. Desligue deixe esfriar, remova a pele das coxinhas e reserve o caldo. Em outra panela ferva esse caldo junto com o leite e a manteiga, coloque de uma só vez a farinha e mexa até soltar do fundo da panela. Deixe esfriar na pedra e modele as coxinhas.

Passe no ovo batido e empane na farinha de rosca. Frite em óleo quente.

MOLHO

Em uma panela em fogo baixo misture tudo até ficar um creme homogêneo.

Serviço:

Gema Restaurante

Endereço: Rua das Paineiras, 378 – Jardim, Santo André– SP

Telefone Reserva e Delivery: 4436-3773


Uma receita eu você também vai gostar é essa incrível torta de Torta de frango com amaranto orgânico. Confira aqui no Blog!

 

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Parede rabiscada, e agora?

Especialista em pintura dá dicas caseiras de como remover os desenhos das paredes


As paredes de sua casa foram rabiscadas por crianças cheias de dons artísticos e agora você não sabe o que fazer? Isso acontece mais do que se imagina e, em um primeiro momento, pode gerar dor de cabeça para os adultos que precisarem limpar os desenhos sem danificar a pintura da parede. Se este é o seu caso, não entre em pânico, pois essas manchas podem ser realmente muito simples de serem eliminadas. Sejam elas provocadas por giz de cena, lápis de cor, canetinha ou tinta guache.

Conversamos com o André Sprone, um dos fundadores da Mão na Roda, a primeira startup brasileira de serviços profissionais de pintura, atuante em toda a Grande São Paulo, que separou algumas dicas de como remover os desenhos da parede com produtos caseiros:
Óleo de coco: Para remover desenhos feitos com giz de cera, umedeça um papel ou toalha de cozinha com óleo de coco em temperatura ambiente. Esfregue nas manchas até que elas desapareçam completamente.


Pasta de dentes: Coloque um pouco de pasta de dentes em um pano limpo e esfregue sobre a superfície lentamente. Depois, remova a mistura com uma toalha úmida.


Bicarbonato de Sódio: Em uma tigela, misture um pouco de bicarbonato de sódio com água. Pegue uma esponja e deixe de molho no líquido. Esfregue suavemente a mancha de tinta e você verá como ela desaparece pouco a pouco.


Creme de barbear: Este tipo de creme é muito eficaz na remoção de rabiscos na parede. Basta adicionar um pouco sobre a área manchada e, com uma escova de dentes velha, esfregar com cuidado. Remova o excesso com um pano úmido.


Secador de cabelo: O secador de cabelo é perfeito para as pinturas feitas com giz. Ligue o aquecedor e passe o ar quente sobre as manchas de giz de cera. O excesso de tinta é então removido com uma toalha úmida de uma maneira bem fácil.


Sobre Mão na RodaA Mão na Roda é uma empresa que trabalha exclusivamente com serviços profissionais de pintura em São Paulo, e foi a primeira startup brasileira com esse escopo. Com a missão de profissionalizar o setor, conecta clientes a pintores profissionais experientes, além de fazer toda a gestão logística da pintura e fornecer somente materiais de qualidade por meio da sua parceria com a Suvinil.

Quer ideias para a decoração da sua casa? O Glamour e Felicidade já publicou uma matéria sobre o uso da cortiça. Confira e solte a imaginação!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Receita de Mil Folhas de Mandioca

Este Mil Folhas de Mandioca é ideal para momentos festivos ou para ser servido no almoço de domingo. A receita foi compartilhada por Patrícia Helu e ela aprendeu em uma das suas andanças pelo Brasil, com o chef Ofir Oliveira em Belém. “Quem for por aquelas bandas, vale muito a experiência. Ele te recebe na casa dele, e os pratos são regados com um papo gostoso e muitas boas histórias. O segredo dessa refeição é caprichar na marinada e colocar ingredientes que lembram o sabor do mar”, comenta Helú. Confira o passo a passo a seguir. 

Mil Folhas de Mandioca

Ingredientes:

·  600g de mandioca descascada;

·  3 tomates sem semente cortados em meia lua;

·  1 cebola em finas tiras meia lua;

·  1 ou 2 batatas cortadas meia lua;

·  1 punhado de salsinha picada;

·  1 punhado de cebolete picada;

·  ½ de xícara de azeitonaS picadas;

·  Bastante Azeite.

Marinada:

·  ½  xícara de leite vegetal @ataldacastanha;

·  2 cebolas grande;

·  4 tomates grande sem semente;

·  3 dentes de alho;

·  ½ xícara de azeite;

·  1/2 de xícara de nutricional yeast (marca bragg) opcional);

·  1 colher de sopa de missô claro;

·  ½ xícara de shoyu sem glutamato;

·  2 folhas de alga nori;

·  2 colheres de sopa de vinagre de maçã;

·  1 colher de chá de sal rosa;

·  1 colher de sopa de sal de especiarias;

·  2 colher de sopa de lemon pepper;

·  2 colheres de sopa de ervas secas;

·  1 colher de sopa de melado de cana.

 

Modo de Preparo: 

Com um mandoline corte a mandioca (na horizontal) em finas tiras de 1,5 mm de altura. Com um ralador rale rusticamente para ficar com pedaços maiores e outros menores. Em seguida,  incorpore o azeite, sal e pimenta do reino e deixe por 30 minutos. Faça a marinada batendo todos os ingredientes até deixar uma textura bem aveludada e sem pedaços. Distribua a mandioca e os demais ingredientes em um refratário que vá ao forno e vá incorporando ¾ da marinada.

Tampe com papel manteiga e deixe assar no forno pré-aquecido por 40 ou 50 minutos com forno em 180°C .Retire o papel, incorpore o restante da marinada e deixe assar até secar um pouco e a mandioca ficar molinha (aproximadamente 20 ou 30 minutos) Se necessário, acerte os temperos e coloque um pouco de água. Finalize com batatinhas palhas

 

Escondidinhode mandioca com carne seca é uma outra opção que você pode experimentar. A receita está aqui no Blog. Confira!


terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Ouse na cozinha e prepare um incrível Ketchup de goiabada

Rápido e prático, o prato é preparado na Panela de Pressão Elétrica Arno Digital Control de 4,8L em apenas 45 minutos

Todos os dias, as pessoas buscam alimentos mais saudáveis, práticos e que deixem as refeições ainda mais saborosas. Aliando tudo isso, a Arno, marca do Groupe SEB, traz para você uma receita incrível de Ketchup de goiabada preparada na Panela de Pressão Elétrica Arno Digital Control de 4,8L. Veja os detalhes…

Ketchup de goiabada

Ingredientes:

• 2 latas de tomate pelado

• 200g de goiabada cascão cortada em cubos

• 2 colheres de sopa de molho inglês

• 5g de sal

• 1 colher de chá de cominho

• 1 colher de chá de semente de coentro

• 1 fio de óleo

• 1 colher de sopa de açúcar mascavo

• 3 colheres de sopa de vinagre de maçã

Modo de preparo:

• Junte todos os ingredientes na Panela de Pressão Elétrica Arno Digital Control de 4,8L e selecione a função feijão por 30 minutos;

• Abra a Panela de Pressão Elétrica Arno Digital Control de 4,8L e mexa bem até formar um creme homogêneo;

• Espere esfriar para conservar em potes de vidro com tampa.

Tempo de preparo: 45 minutos

Nível de dificuldade: Fácil

Equipamento utilizado: Panela de Pressão Elétrica Arno Digital Control de 4,8L

 

Panela de Pressão Elétrica Arno Digital Control de 4,8L, tem inovadora tigela esférica que garante resultados mais homogêneos além de mais praticidade e segurança para cozinhar seus pratos preferidos, desde os mais simples até os mais elaborados. Ela possui 4,8L, tem 16 programas, painel digital touchscreen e 11 sistemas de segurança. Além disso, possui botão de liberação de vapor afastado que garante que a pressão saia de forma rápida e segura evitando acidentes, tigela antiaderente, aquecimento contínuo, cabo removível e temporizador de até 12 horas que permite preparar pratos diferentes adequando às necessidades da receita. O produto conta com copo dosador, colher e livro de receitas com deliciosos pratos para começar a utilizar sua panela. Preço sugerido: R949,99.

SAC Arno: (11) 2060-9777


Que tal experimentar o CACHORRO-QUENTE AO ESTILO TEXANO COM MOLHOSCHILI E SOUR CREAM? A receita você encontra aqui no Blog!


segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

Private Eyes com Jason Priestley: o que esperar desta série?

Está em busca de entretenimento leve, divertido e com investigação ao estilo policial? A série Private Eyes pode ser uma boa opção para você.

O elenco traz Jason Priestley  no papel do ex-jogador de hóquei Matt Shade. O ator na década de 90 arrancava suspiros como galã e bom moço do seriado Barrados no Baile e ainda tem muitas fãs. 

Seu par no protagonismo do série é a bonita atriz Cindy Sampson, na pele da detetive particular Angie Everett, que assume o escritório do seu pai falecido (não aparece nos episódios).


Angie tem a ajuda informal do detetive policial Kurtis Mazhari, vivido pelo ator Ennis Esmer (que participa também do elenco de Ponto Cego) e tenta superar os problemas de relacionamento com sua mãe, que participa de alguns episódios. Rola um clima dela com outro investigador policial (Clé Bennett).

Outro núcleo familiar gira em torno do Matt Shade, que tem Juliet (Jordyn Negri) uma filha adolescente e cega, passando pela fase de namoro e independência; Don (Barry Flatman), o pai de Shade, com quem ele mora e o ajuda com a filha; e Becca (Nicole de Boer), a ex-esposa.


Tem investigação, humor, clima de romance, problemas de família, perseguição, mas não espere muitas cenas de tiroteios, como em outras séries. 

Angie e Shade discordam dos caminhos das investigações, mas juntos soltam faíscas. Uma série para passar o tempo em frente a TV. Aproveite para assistir para saber o que rola entre o casal ao longo das 4 temporadas. A série passa na Fox Life.



segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Saúde - Unir Inteligência Artificial e Medicina Nuclear no Diagnóstico e Tratamento do Câncer

 


O futuro da área da saúde passa inevitavelmente pelo uso da inteligência artificial. Cada vez mais, a possibilidade de facilitar processos, identificar e processar informações se faz presente na rotina médica. Na vanguarda dessas perspectivas, Profa. Dra. Elba Etchebehere (CRM 75508 – SP) começou, em janeiro de 2020, a utilizar a inteligência artificial para auxiliar na avaliação da carga metabólica de câncer em todo o corpo no exame de PET/CT. 

Essa é uma iniciativa importante na Medicina Nuclear Brasileira e pode ter um impacto direto no tratamento dos pacientes com câncer. A aplicação da inteligência artificial é feita via software – desenvolvido pela Siemens Healthineers - e é completamente automatizada. 

A medida da carga metabólica de câncer em todo o corpo proporciona ao especialista outro nível de informação para indicar, por exemplo, condutas e terapias mais individualizadas. “O futuro da medicina personalizada no tratamento do câncer certamente passará pelo uso da inteligência artificial”, afirma a Dra. Elba, que é médica nuclear, Professora Livre-Docente da UNICAMP e sócia-diretora do Grupo MND, de Campinas. 

Para efeito de comparação, uma mesma análise de carga metabólica do câncer em todo o corpo, realizada no exame de PET/CT, que é feita em segundos pelo programa ou software de Inteligência Artificial, poderia levar até uma hora para ser feita pela forma realizada hoje, chamada de análise semiautomática. “Essa análise semiautomática leva muito tempo e por isto não é realizada de rotina no Brasil e na maior parte do mundo. Além do mais, a análise semiautomática tem uma maior margem de erro em razão da complexidade para delinear todo o volume de câncer”, finaliza. 

Confira mais informações sobre a tecnologia nesta rápida entrevista com a Dra. Elba: 

Os testes com o uso desta nova tecnologia no Brasil estão sendo conduzidos em qual instituição?

A validação clínica foi feita na Clínica MND Campinas, entre os meses de janeiro e junho de 2020. Essa validação pode ser realizada comparando-se tal tecnologia com o que já existe validado. A medida da carga metabólica do câncer em todo o corpo usando a ferramenta semiquantitativa foi validada anteriormente por um projeto liderado pela Dra. Mariana Camacho, médica da equipe da MND Campinas em 102 PET/CT oncológicos. 

A Unidade de Pesquisa e Colaboração Clínica da Siemens Healthineers (EUA), juntamente com o Departamento de Medicina Nuclear, o Cells in Motion Cluster of Excellence e o Instituto Europeu de Imagem Molecular, ambos da Universidade de Münster, na Alemanha, desenvolveram e aplicaram a tecnologia da Inteligência Artificial para exames de FDG PET/CT5.  

Pode explicar o que é o exame de PET/CT?

O PET/CT (Tomografia por Emissão de Pósitrons/Tomografia Computadorizada), é um método diagnóstico considerado um dos principais avanços da Medicina Nuclear. Nesse tipo de exame, os médicos nucleares usam substâncias radioativas para facilitar a visualização de tecidos ou células doentes e saudáveis. Para cada órgão ou doença, uma substância específica é injetada no paciente intravenosamente. Essa substância é conhecida como radiofármaco e tem a função de alcançar o órgão ou região que precisa ser examinada. Ao analisar as imagens geradas pelo exame PET/CT no computador, o médico nuclear consegue visualizar com precisão o funcionamento do organismo, assim como focos de doenças. 

Pode traduzir para leigos o que quer dizer: “A medida da carga metabólica do câncer no organismo”? 

Trata-se da carga de metabolismo do tumor, ou seja, a quantidade e volume de tumor espalhado no corpo do paciente. Por exemplo, um paciente pode apresentar uma lesão de câncer muito grande e, em termos de tamanho, é classificada clinicamente com um perfil de pior prognóstico. Entretanto, o paciente pode ter várias pequenas lesões que, ao se somarem, acabam por equivaler ao primeiro caso, e colocam esse paciente em um prognóstico tão ruim quanto o primeiro. Essa informação só será sabida medindo-se a carga metabólica tumoral de todo o corpo. Medir o metabolismo é muito mais preciso e lógico do que simplesmente identificar a localização e o tamanho da lesão por isso a necessidade da ferramenta de inteligência artificial. É o futuro da medicina nuclear. 


Leia também, aqui no Blog, a matéria sobre Imunoterapia é liberada no Brasil para categoria mais agressiva de câncer de mama .

 

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Adoçantes ou açúcares artificiais realmente ajudam a emagrecer?

 


Será que os adoçantes realmente ajudam a emagrecer? Será que podem acarretar algum prejuízo à saúde? A nutricionista Fernanda Brunacci, da ViBe Saúde (app de saúde) digital) responde às perguntas mais frequentes sobre esse tema realizadas pela equipe do site Glamour e Felicidade. Confira!

 

Que tipos de adoçantes existem?

Os edulcorantes (adoçantes) podem ser naturais ou artificiais. Dentre os naturais, os mais comuns são: eritrol, manitol, stevia e xilitol. Dentre os artificiais, temos aspartame, sucralose, sacarina e ciclamato. Estes 2 últimos são derivados do petróleo.

 

Qual a principal diferença entre os adoçantes e o açúcar normal?

A principal diferença é o poder de dulçor. Os adoçantes podem apresentar um poder de dulçor até 300x superior ao açúcar e, por causa disso, a quantidade usada é pequena. Um grama de açúcar oferece 4kcal, ou seja, uma colher de chá oferece em torno de 20 kcal. Já um sachê de adoçante tem um valor calórico mínimo.

 

Trocar o açúcar pelo adoçante ajuda a emagrecer?

A substituição pode ser uma alternativa na perda de peso. Entretanto, se a pessoa consome pouca quantidade de açúcar no dia a dia e não tem diabetes, muitas vezes não existe necessidade da troca. Neste caso, pode ser mais viável adotar um plano alimentar hipocalórico - manter o açúcar do cafezinho ou do suco. O mais importante é a pessoa mudar seu paladar e rever seu consumo de doces. De pouco irá adiantar adoçar um suco com edulcorante e consumir sobremesa diariamente. Minha orientação, para pessoas não diabéticas, é o consumo de sucos e bebidas com pouco ou nenhum açúcar. Se a pessoa ingere grande quantidade de sucos, chás, café e não se adaptar à exclusão do açúcar, os adoçantes são a solução.

 

Açúcares tipo demerara ou magro são menos ou mais saudáveis que adoçante?
Os açúcares brancos como o refinado, cristal e de confeiteiro são aqueles que passaram por vários processamentos e não conservam nenhum micronutriente. Já o açúcar demerara passa por um refinamento, preservando um pouco de micronutrientes. A forma mais bruta do açúcar, o mascavo, não passa por nenhum processo de refinamento, sendo a forma mais saudável para consumo.

 

Os adoçantes podem trazer algum risco à saúde?

Os adoçantes não trazem riscos eminentes à saúde. Todo adoçante atualmente no mercado é seguro, desde que consumido dentro dos valores indicados pelo médico ou nutricionista. Os edulcorantes como a stevia, sucralose, sacarina e xilitol podem alterar a microbiota intestinal e causar um leve desconforto. Nenhum excesso alimentar é saudável, nem de adoçante e nem de açúcar.

 

Quem possui diabetes deve optar por qual tipo de adoçante/açúcar?

Pacientes que são diabéticos podem usar adoçantes, sempre com moderação e desde que não estejam gestantes.

 

O que é a diabetes gestacional?

O diabetes gestacional é uma patologia que pode aparecer a partir da 24ª semana gestacional. Alguns hormônios produzidos pela placenta reduzem a ação do hormônio insulina, que é o responsável pela captação da glicose. Para compensar, o pâncreas prontamente aumenta a produção da insulina, porém, em algumas gestações, esse processo não ocorre de maneira eficaz, causando a diabetes gestacional.

 

ViBe Saúde - Dentre os profissionais que podem ser fontes para futuras matérias estão: médicos com especialidades em clínica geral, nefrologia, saúde da mulher, nutricionistas, psicólogos, mindfulness, educadores físicos, entre outros. 


Saiba mais em: vibesaude.com 

Veja aqui no Blog a matéria sobre como a Diabetes gestacional pode afetar a saúde do bebê.