quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Quadros e plantas: como combiná-los lado a lado

 Itens formam uma boa dupla quando compostos na decoração e podem ser explorados em qualquer ambiente

Entre as tendências pós-pandemia para a decoração, as plantas ganham lugar de destaque. Com mais tempo em casa, as pessoas estão sentindo a necessidade de se aproximarem da natureza, o que, muitas vezes, significa trazer com mais intensidade o verde para dentro dos cômodos. Já os quadros nunca saíram de moda, pois com eles é possível colocar personalidade na decoração: obras de arte, quadros abstratos, pinturas e fotografias compõem qualquer ambiente.


É possível unir no mesmo ambiente quadros e plantas para compor e dar vida a casa
Crédito: Ronaldo Ronan Rufino

“Unir esses dois elementos num mesmo espaço volta a ser uma tendência. Quadros em preto e branco, ou com poucas cores, perto ou ao lado de plantas, como folhas verdes ou mesmo natureza morta têm sido cada vez mais utilizados na decoração”, conta a arquiteta do Grupo A.Yoshii Andressa Bassinelli.

 

De acordo com ela, não existe uma regra de que quadros só devem ficar presos na parede ou em uma altura específica. É possível unir no mesmo ambiente quadros e plantas para compor e dar vida a casa. “Nesses casos específicos, onde quadro e planta compõem a decoração, a iluminação também colabora muito para deixar o ambiente mais harmonioso. Em móveis com divisórias é possível fazer esse jogo entre plantas, quadros e iluminação, por exemplo. Tudo isso pode estar no mesmo móvel ou em um cantinho da casa. Quadros na altura da cama ou em cima de mesas ou móveis dividindo espaço com vasos de plantas já são tendência, como utilizados nos apartamentos decorados de nossos showrooms da A.Yoshii”, explica.

 

É preciso observar as proporções, o tamanho da parede e dos quadros para combiná-los lado a lado
Crédito: Ronaldo Ronan Rufino

Quadros e plantas podem estar presentes em diversos cômodos da casa, seja nos quartos, escritórios (bastante vistos agora, com o aumento do home office), varandas, salas de jantar e estar. A arquiteta traz três dicas importantes sobre essa composição: 

 

Altura quadros e plantas

 

Não existe uma altura ideal para posicionar os quadros decorativos, porém, eles precisam compor o ambiente. “É preciso observar as proporções, o tamanho da parede e dos quadros, paleta de cores e a decoração como um todo. O mesmo vale para as plantas. Temos locais com plantas grandes e quadros também grandes, mas colocados em cima de móveis. Também é possível colocar próximo à cama pequenos vasos de plantas, que combinam com quadros também pequenos”, explica.

 

Distância quadros e plantas

 

A distância entre eles vai depender do ambiente e do espaço onde estão distribuídos. “Quando se trata de quadros decorativos, a imaginação não tem limite. É possível, inclusive, posicioná-los no chão, apoiados em móveis, prateleiras altas e baixas e levemente sobrepostos um ao outro. Para obras de arte, o ideal é manter na altura dos olhos do observador ou em posição de destaque. Para compor  quadros com  plantas é importante lembrar de não deixar a planta escondendo o quadro: observe sempre a distância ideal, para que os dois objetos possam ser apreciados”, explica.

 

A distância entre quadros e plantas vai depender do ambiente e do espaço onde estão distribuídos
Crédito: Ronaldo Ronan Rufino

Iluminação

 

“É preciso lembrar que existem luminárias específicas com foco e lâmpadas para a conservação de plantas ou, no caso quadros, e iluminação específicas para destaque e conservação de obras de arte. O projeto luminotécnico deve seguir a intenção que se quer dar às peças. Pode ser iluminação com foco ou iluminação indireta do ambiente”, ressalta.

 

Veja nesse post quais são as plantas mais indicadas para ambientes internos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...