domingo, 30 de abril de 2017

Vamos acabar com o mistério de Doritos Mistery? - resenha

Passei aqui no blog rapidinho para registrar minha opinião sobre os dois novos Doritos Mistery, lançados em 2017 sem que a marca revelasse detalhes sobre os sabores.  

Doritos tem se especializado em criar esse suspense em torno dos sabores e confesso que é um dos poucos salgadinhos de supermercado que eu gosto mesmo, a começar pelo tradicional.

Vamos comentar primeiro do Doritos Mistery da embalagem preta. O sabor lembra o conhecido barbecue, ou seja, o que costumamos chamar de churrasco ou smoke (fumaça de churrasco). Tem um toque agridoce, mais para doce do que apimentado. Gostei e comeria de novo.

Barbecue?
A segunda versão é o Doritos Mistery da embalagem branca. No meu paladar senti intensa presença de limão com um pouco de queijo. Gostei da proposta, mas confesso que fiquei em dúvida se era isso mesmo e quero comer de novo, os dois. Se você provou e tem alguma opinião sobre estes Doritos, coloque aí nos comentários. Não tenho qualquer pretensão de ser uma expert gourmet (rsrs). E uma boa semana!  

Limão com queijo?

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Pele de amendoim pode auxiliar na prevenção do diabetes e da obesidade

Essas informações são respaldas por dados científicos! Compostos naturais da pele de amendoim podem auxiliar na prevenção do diabetes e da obesidade. Esse é o resultado de um estudo desenvolvido no Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia dos Alimentos, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP/ESALQ), pelo cientista de alimentos Adriano Costa de Camargo. O trabalho resultou em uma tese de doutorado, que segue a linha de estudos recentes e demonstra que subprodutos da indústria processadora de amendoim e uva podem ser ricos em compostos bioativos. Não vou mais tirar a pele quando comer o amendoim, com certeza! (eu já não tirava mesmo).

Amedoim com pele
“O que acontece é que esses compostos neutralizam a ação de radicais livres a partir da sua função antioxidante. Os radicais livres causam danos no DNA, que podem levar a modificações genéticas e progredir para um câncer, por exemplo”, explica Adriano. Além disso, continua, “os radicais livres também causam danos no LDL-colesterol humano (colesterol ruim), o que desencadeia processos inflamatórios e a formação de placas nas artérias, o que pode prejudicar e até impedir o fluxo sanguíneo até o coração, podendo levar a um infarto”, diz Adriano, que atualmente é pesquisador como pós-doutorando na Universidade Estadual de Londrina (UEL).
No caso da pele do amendoim, Adriano explica que, quando ingerimos alimentos que contém carboidratos (açúcares) e lipídeos (gorduras), é necessário que haja quebra dessas moléculas gerando outras moléculas menores, que podem ser absorvidas e utilizadas pelo nosso organismo. “Essa quebra ocorre a partir da ação de enzimas (que podemos comparar a tesourinhas). Os compostos presentes na pele do amendoim se ligam a essas enzimas e é como se impedíssemos completamente ou parcialmente essas "tesourinhas" de fechar e "cortar ou quebrar" os açúcares e as gorduras. Neste caso, a diminuição da absorção de açúcares e gorduras pode ser benéfica para o gerenciamento e prevenção do diabetes e da obesidade, respectivamente”, complementa.
A pesquisa foi orientada pela professora Marisa Aparecida Regitano d’Arce, do Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição da ESALQ, e pelo professor Fereidoon Shahidi, do Departamento de Bioquímica da Memorial University of Newfoundland, no Canadá, onde Adriano realizou parte da pesquisa com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), via programa Ciências Sem Fronteiras e Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). 


Outra ação comprovada em laboratório foi a atividade antimicrobiana. “Testamos os compostos extraídos do amendoim e da sua pele em nove bactérias e houve inibição do crescimento bacteriano em todas elas. O teste foi feito comparando-se com o antibiótico comercial Ampicilina. Esses compostos podem vir a ser utilizados como fontes de compostos antimicrobianos naturais, que podem auxiliar na prevenção de doenças de origem bacteriana”, diz o pesquisador, que para esta pesquisa teve a colaboração do grupo chefiado pelo professor Anderson de Souza Sant'Ana, da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).  
Aplicação – Assim como já é feita com a comercialização de farinha de semente de uva e farinha de casca de uva, Adriano acredita que a pele de amendoim poderá ser utilizada de forma "isolada" e estar disponível à população em um futuro próximo. Esse produto entraria na categoria dos nutracêuticos, que apresentam maior valor agregado para indústria quando comparado ao alimento de origem e mesmo em relação ao alimento com alegações funcionais.
Ainda no mestrado, com orientação da professora Solange Guidolin Canniatti Brazaca, Adriano já havia trabalhado no desenvolvimento de cookies adicionados de pele de amendoim, com formulação modificada para atender padrões tecnológicos para a indústria e sensoriais, focados na aceitação do consumidor final. O autor lembra que os cookies obtiveram aceitação em testes com humanos, apresentaram maior quantidade de compostos antioxidantes, maior teor de fibras e maior retenção da umidade, este último parâmetro conferindo uma característica de produto fresco por mais tempo.

“Do ponto de vista econômico, esses achados também podem contribuir para o incremento nos negócios na agroindústria do amendoim, uma vez que a pele do amendoim, removida no processamento industrial, é um subproduto ou resíduo agroindustrial, não sendo atualmente destinado à alimentação humana.” 

Eu fui: La Grassa, restaurante italiano

A 20ª edição do Restaurant Week terminou, infelizmente. Consegui ir, junto com a minha irmã, aproveitar o almoço no La Grassa, restaurante italiano localizado em Moema (Av. Juriti, 32). O lugar é muito charmoso, com pé direito alto e uma enorme jabuticabeira no meio do salão que se estende até o mezzanino. Um ambiente com um toque rústico, com tijolos aparentes. No mezzanino, é possível acompanhar a produção das massas caseiras em uma cozinha envidraçada ao fundo.


Nhoque de mandioquinha com ragu de costela
Almoçamo em um sábado e fomos muito bem recebidos. Captei que a direção tinha reservado o mezzanino para os clientes que chegavam pelo Restaurant Week. Ir em duas pessoas é bom, pois aproveitamos todas as opções do menu especial. Gostamos, praticamente, de todas as sugestões, como a salada com folhas verdes, beterraba laminada, uva passa e oleaginosas, o pudim de abóbora com creme holandês e o tiramisú. Destacamos a bruschetta de bacalhau e o nhoque de mandioquinha com ragu de costela como os mais saborosos. 


Bruschetta de bacalhau com folhas verdes e molho pesto 
O único prato que deixou um pouco a desejar foi o filé de tilápia empanado com gergelim preto, acompanhado de risoto de limão, pois o peixe estava um pouco seco e até na foto ficou estranho (rsrs, melhor não postar). 

Para beber, ficamos só nos sucos. Escolhi um que combinava morango, lichia e pimenta. Boa pedida refrescante. Minha irmã foi no tradicional suco de abacaxi. 

Recomendamos para uma próxima edição. Nota geral: 8.





Tiramisú com queijo mascarpone e pêssegos
  
Pudim de abóbora com creme holândes

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Spaghetti Alla Carbonara do Italy

Por enquanto, eu consegui ir apenas a um restaurante da 20ª São Paulo Restaurant Week. Mas, ainda tenho poucos dias pela frente (termina dia 16/04). Enquanto isso, vou postar essa receita de Spaghetti Alla Carbonara (quero muito fazer, mas preciso ir ao supermercado e comprar os ingredientes!). Esta massa faz parte do cardápio especial do restaurante Italy.

  

Ingredientes:

200g Spaghetti Grano Duro
4 gemas de ovo caipira
350mL de caldo de frango (aproximadamente)
60g de bacon
60g de pancetta
60g de Grana Padano
30g de Pecorino Romano
30g de Azeite de oliva extra virgem

À gosto: sal e pimenta do reino preta (moída na hora)

Modo de preparo:

- Em frigideira apropriada doure as tiras de pancetta e bacon, começando com a frigideira fria. Quando quase douradas, interrompa a cocção adicionando caldo de frango suficiente para incorporar a massa posteriormente.

- Em um bowl de inox, faça uma mistura das gemas com o Grana Padano ralado fino. Acrescente um gole de caldo quente e misture bem.

- Em outra panela com água abundante, fervente e salgada, cozinhe a massa 2 a 3 minutos a menos do que prescrito na embalagem. Sua cocção finalizará na emulsão do molho.

- Escorra a massa e despeje sobre a frigideira com caldo, pancetta e bacon, já no fogo. Envolva a massa. Em fogo brando, acrescente a mistura de gemas sobre o spaguetti. Salteie para envolver.

- Cozinhe até formar um creme emulsionado e saboroso; tome cuidado para não cozinhar demais as gemas. Se necessário, acrescente mais caldo, ou a água do cozimento da massa, até dar o ponto.

- Ajuste o sal e finalize com pimenta do reino preta moída na hora, queijo Pecorino Romano e Azeite extra virgem.

Rendimento: 2 pessoas

quarta-feira, 12 de abril de 2017

RECEITA: ARROZ A GREGA COM ERVAS E AZEITE

Como incrementar o arroz? Veja a receita Arroz a Grega com Ervas e Azeite, enviada pela Bunge Brasil. Um prato nutritivo e colorido ;). Aproveite! 



Ingredientes

- 1/2 xícara (chá) de cebola, picada (65g)
- 10 colheres (sopa) de azeite de oliva La Española extra virgem
- 1 xícara (chá) de arroz (175g)
- 2 e 1/2 xícaras (chá) de água fervente (500ml)
- 1 colher (chá) de sal (5g)
- 1 folha de louro
- 1/2 xícara (chá) de cenoura cortada em cubos de 0,5cm (50g)
- 1/2 xícara (chá) de ervilhas ou vagem, picada (45g)
- 1/4 de xícara (chá) de pimentão vermelho, picado (30g)
- 1 colher (chá) de ervas frescas, picadas (1,5g)

Modo de preparo

1- Frite a cebola com 4 colheres de azeite até amolecer, sem dourar.
2- Junte o arroz e frite rapidamente. Acrescente a água, o sal, o louro e os legumes.
3- Tampe a panela, baixe o fogo e cozinhe até secar toda a água.
4- Transfira o arroz para uma tigela e junte o 6 colheres de azeite misturado com as ervas. Sirva em seguida.


DICA
Prepare seu mix de ervas com salsinha, manjericão e orégano frescos.
Sirva este arroz quente ou frio para acompanhar churrascos.
Use o azeite misturado com as ervas, para temperar saladas, vegetais e carnes brancas

Receita: Salada de repolho com frutas

Adorei essa receita para combinar verduras e frutas. Não sou do tipo de gosta muito de manga, mas vale a pena para quem aprecia. Ficaria só com as peras e a laranja adicional. E você? Essa é uma sugestão da HELLMANN’S.


 

Ingredientes 1/2 repolho branco pequeno picado
1/2 repolho roxo pequeno picado
1 manga grande cortada em cubinhos
2 peras descascadas, em cubos pequenos
1 embalagem maionese HELLMANN’S Light (250 g)

Modo de Preparo
Em uma tigela média, junte o repolho branco, o repolho roxo, a manga e a pera. Misture.
Acrescente a maionese HELLMANN’S Light e envolva todos os ingredientes.
Disponha em uma travessa e sirva em seguida.

#DicadaChef Junte 1 laranja picada, sem pele e sem sementes.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Lilica Ripilica apresenta linha inspirada na alta costura


Um conto de fadas fashion para meninas com alma de princesa é a proposta da marca Lilica Ripilica - confesso que ao ver as fotos das peças, me deu vontade de voltar a ser criança.

Com inspiração de alta costura, a coleção Lilica Atelier traz peças exclusivas para dias de festa e ocasiões únicas, looks românticos com acabamentos especiais, materiais nobres, cores e estampas elegantes e cheias de personalidade.


Em destaque, vestidos em linha A e estilo princesa de renda guipir, organza e jacquard com bordados manuais, sendo um deles em versões idênticas nos tamanhos infantil e adulto para mães e filhas - um verdadeiro charme! 

O preto e o vermelho contrastam em harmonia com suaves tons de off white e rosé vintage, além de tradicionais pinturas florais que ganham ares contemporâneos sobre fundos escuros.



Para fechar a primeira coleção com classe, a Lilica Atelier também traz trench coats em vermelho, rosé e florido, um bolero de pelo, acessórios como bolsa com aplicação de pedraria, tiaras com pérolas e laços de gorgorão, e sapatinhos para composições atemporais e inesquecíveis. As peças da linha Lilica Atelier poderão ser encontradas, a partir do mês de maio nas lojas franqueadas da rede Lilica&Tigor. 



SAC:
Lilica&Tigor através do site www.lilicaetigor.com
SAC Marisol - 0800 8882600
sac@marisol.com.br



segunda-feira, 10 de abril de 2017

Marca Loucos & Santos apresenta coleção para o Inverno 2017

Com a atriz Giovanna Ewbank como estrela da campanha, a coleção Just Be, da marca Loucos & Santos, é inspirada na diversidade, que dita os rumos da moda atual, cheia de bossa e personalidade, com sapatos, bolsas e acessórios para os mais variados estilos, com um toque jovem e divertido. 


A forte influência do street style internacional fica evidente nas criações para a temporada, em uma perfeita sintonia entre macrotendências e a vanguarda - ponto-chave no DNA da marca Loucos & Santos. Tem brilho, tem oxford repaginado, bolsa estilo Paris, sandálias de salto e muita diversidade.



domingo, 9 de abril de 2017

Florentina repagina o sapato Oxford para o Inverno 2017

O oxford, sapato inspirado em modelos de calçados masculinos, vem deixando muitos adeptos por onde passa nos últimos tempos. A moda chegou e foi tão bem aceita no Brasil, que as marcas estão apostando muito na ousadia, para deixa-lo cada vez mais atraentes.



A Florentina optou pelo salto anabela em suas criações e finalizou os modelos com muita cor, franja, verniz e brilho, deixando as peças serem as estrelas de qualquer composição.

Este tipo de calçado é muito democrático e cai bem em quase todas as ocasiões, tanto durante o dia, quanto em eventos noturnos e pode ser associado a peças clássicas, o que reforça ainda mais a conceito vintage que ele carrega.

Serviço
Site Oficial http://www.florentina.online/