quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Buboo apresenta coleção Botanic para a temporada primavera-verão

Novidades para crianças! O lançamento da coleção de verão da Buboo, marca de moda infantil comandada pela estilista Mafalda Bayam, é denominada Botanic, com muita inspiração na cor, estampas e harmonia do universo das plantas.


As cores são inspiradas na natureza, cores orgânicas e naturais como o menta, palha e cores fortes e iluminadas como amarelo e laranja. Mafalda conta ainda que para as estampas, imaginou um maravilhoso jardim cheio de árvores, flores e folhas em uma linda tarde de verão. “É uma coleção leve e delicada com formas confortáveis e criativas”, completa Mafalda. Tudo para deixar meninos e meninas cheios de estilo! 





Renove as cores de sua casa na Primavera

Transformar, mudar, florescer, criar, nascer, cultivar são as palavras-chave nesse momento. Para ajudar você a trazer o clima da primavera para a sua casa, a Tintas Sherwin-Williams preparou uma seleção especial de cores que vão ressaltar seus ambientes com tonalidades que trazem mais vida, energia, frescor e alegria. As cores dessa paleta de tendências primaveris ajudam a trazer a exuberância dos jardins para as áreas de lazer e para dentro de casa, nas cores presentes na paleta acima. Veja algumas combinações:

SW 6605 Charisma – Um tom de rosa que está ligado ao charme, cortesia e amabilidade. Uma cor com muitas características positivas e que traz uma energia suave, calmante e protetora. Uma excelente escolha para detalhes e destaques femininos e cheios de personalidade na decoração.


SW 6443 Relish – Verde refrescante, calmo e tranquilo. Esta é uma cor muito ligada à natureza a ao sentido de vida que esta nos traz. Por analogia, é uma cor associada à esperança e, a primavera fortalece a esperança na renovação. Relish é um tom de verde muito apropriado para ser usado em ambientes de muita permanência.



SW 6816 Dahlia – Um lilás escuro mágico e encantador. Uma cor que mescla as características do vermelho com o azul. É uma cor rara na natureza, sendo encontrada apenas em flores, o que lhe confere um ar de mistério e excentricidade. Uma excelente cor para ser usada em contraste com o amarelo em busca de trazer equilíbrio ao ambiente. 



Envolva-se por esta seleção de cores especial e garanta para sua casa a energia desta estação cheia de vida e tão rica em cores. E uma dica para finalizar: na primavera cultive, além das flores, o bom humor!



Leucemia: tipos, sintomas e diagnóstico

Dos tipos de câncer que afetam o sangue, a leucemia é a mais conhecida. A idade de acometimento varia de acordo com o subtipo de leucemia, que, em linhas gerais, se divide em mielóide e linfóide, de acordo com a célula afetada. Em ambas as categorias, ela pode ser qualificada com sendo aguda ou crônica, considerando a velocidade de divisão dessas células e, portanto, a agilidade com a qual a doença se desenvolve, explica a Dra. Mariana Oliveira, hematologista do Centro Paulista de Oncologia - CPO, do Grupo Oncoclínicas.

As Leucemias Agudas podem ocorrer em todas as faixas etárias sendo que a LLA (Leucemia Linfóide Aguda) tem maior incidência na infância e juventude. Estima-se que a condição corresponda a 33 de cada 100 diagnósticos em pacientes de 0 aos 18 anos, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA). Já a LMA (Leucemia Mielóide Aguda) é o tipo mais comum de Leucemia em adultos, correspondendo a 80% dos casos neste grupo.

"A leucemia afeta inicialmente a medula óssea – tecido mole que fica dentro dos ossos e é responsável por produzir glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas -, fazendo com que as células sanguíneas passem a se reproduzir de forma descontrolada e gerando o comprometimento da fabricação normal do sangue. Sendo assim, ocorre anemia, diminuição da imunidade e aumento do risco de sangramentos", esclarece a Dra. Mariana Oliveira.

Segundo a especialista, não se trata de uma condição hereditária. "Não existe como apontar as causas exatas que permitam a prevenção para todos os indivíduos. Por isso, a melhor forma de deter o avanço da leucemia é o diagnóstico precoce", destaca a Dra. Mariana.

Fique atento aos sintomas

Alguns fatores, como a exposição a produtos químicos, principalmente os derivados de benzeno, e à radiação em altos níveis, assim como algumas doenças genéticas como anemia de Fanconi e outras que afetam o sangue, podem elevar o risco de incidência da doença. Ainda assim, estes são apenas fatores que podem contribuir para o surgimento da leucemia, mas não são regra. Diante disso, o principal conselho da hematologista é que seja dada atenção aos sinais que podem ser indícios da doença.

"Os sintomas das leucemias agudas incluem palidez, cansaço e sonolência, uma das consequências da queda na produção de glóbulos vermelhos (hemácias) e consequente anemia. Manchas roxas que surgem aparentemente sem traumas, pequenos pontos vermelhos na pele e/ou sangramentos mais intensos e prolongados após ferimentos leves também podem surgir em decorrência da diminuição na produção de plaquetas", diz a Dra. Mariana.



A redução na imunidade ocasionada pela baixa quantidade de glóbulos brancos faz ainda com que a pessoa apresente infecções constantes e febre. "Dores ósseas e nas juntas, que podem dificultar a capacidade de locomoção, dores de cabeça e vômitos são outros possíveis sintomas que não devem ser ignorados. Outro indício da doença pode ser ainda a perda de peso", afirma.

A Dra. Mariana frisa, contudo, que as leucemias crônicas são comumente descobertas por alterações identificadas no hemograma - exame de sangue que deve ser realizado periodicamente como parte da rotina, já que dificilmente apresentarem alterações evidentes à saúde. "Apenas em estágios mais avançados podem ocorrer sintomas similares aos casos agudos", pontua a especialista do CPO.

Para definir o diagnóstico, é recomendada a coleta de medula óssea para exames específicos (mielograma, biópsia, imunofenotipagem e cariótipo). Outros estudos complementares podem ser sugeridos, de acordo com a subclassificação a ser estabelecida e análise de risco, para que seja assim definido o tratamento a ser adotado. Em geral, as leucemias são tratadas com quimioterapia. De acordo com os resultados obtidos com a quimioterapia, pode ser indicado o transplante de medula óssea.

6 dicas para manter a saúde dos seus joelhos

O joelho pode ser acometido por diversas doenças e avarias, como torções ou entorses, as contusões, os traumas, o desgaste (artrose), entre outras. Essas lesões podem comprometer todas as estruturas internas do joelho, como ligamentos, cartilagens, tendões, bursas e meniscos. Muitas pessoas, independentemente do sexo ou idade, têm dores frequentes nos joelhos e, por isso, é importante consultar um especialista antes de iniciar uma prática esportiva. O ortopedista, Dr. Charles Cachoeira – especialista em Cirurgia do Joelho do CECAM (www.cecam.com.br), nos apresenta cinco dicas para cuidar da saúde dos joelhos. Confira!

1- Faça Atividade Física: fazer exercícios regulamente é um dos cuidados mais importantes para todo o corpo. Quando se pratica algum esporte, é necessário que todas as estruturas trabalhem de maneira harmoniosa para evitar o surgimento de lesões. Realizar atividades físicas progressivas e, inicialmente, sem impacto até o fortalecimento adequado da musculatura, parece ser a melhor forma de prevenir a sobrecarga articular.



2- Procure sempre a orientação de um treinador: ao iniciar qualquer atividade física é importante ter o acompanhamento de um profissional capacitado. Atividades de impacto, como a corrida, podem não ser indicadas para pessoas que já tiveram traumas nas articulações dos membros inferiores. Esportes aquáticos já são excelentes para esses casos, pois diminuem muito a carga.

3– Escolha o calçado adequado: precisam ser confortáveis e estar em boas condições de uso, mas é muito importante se atentar na escolha do tênis para a prática de qualquer exercício. Os mais indicados são os que possuem salto pequeno, solado macio, que seja capaz de absorver impacto. Já calçados muito baixos ou muito altos podem ocasionar problemas de estabilidade nas articulações. Procure um profissional que possa indicar um calçado ideal para cada tipo de pisada e esporte.

4– Faça aquecimento e alongamento: músculos e articulações não aquecidas sofrem lesões mais facilmente. Estudos comprovam que não basta ter músculos e joelhos fortes, eles precisam estar bem aquecidos e alongados para deixá-los com boa flexibilidade para todos os movimentos que podem ser necessários na prática esportiva.


5- Respeite seus limites: comece com um treino leve e aumente a carga, impacto e a duração de forma gradual. É necessário ter cuidados na sobrecarga nas articulações. Se durante ou depois de algum exercício, sentir dor intensa ou dor persistente por muito tempo, é importante procurar um médico. Dores nas articulações não devem ser ignoradas.



6– Mantenha seu peso: mantenha-se sempre na faixa de peso ideal, pois estar com alguns quilos a mais, aumenta a sobrecarga, facilitando o aparecimento de lesões nos joelhos. A perda de peso é muito útil para pacientes obesos, pois reduz a dor e melhora a função.


quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Saúde: 5 questões sobre a escoliose

Considerada um desvio anormal da coluna vertebral, a escoliose pode ter origem congênita (de nascença), neuromuscular ou idiopática (sem causa definida). Embora ela não costume gerar dor, sendo tratada com a reeducação postural e uso de coletes, há casos graves em que apenas com cirurgia é possível corrigir o desvio.


Para esclarecer a população sobre a doença, o neurocirurgião especialista em coluna pela Unifesp, Dr. Alexandre Elias, membro do Centro de Dor e Coluna do Hospital 9 de Julho desde 2001, respondeu a cinco questões importantes sobre o assunto:

1. Quais os fatores de risco para o surgimento ou agravamento da escoliose? 
Apesar de ter causas diferentes, principalmente a do idoso, essa doença pode evoluir pelos mesmos fatores, como a má postura ao sentar, levantar ou carregar peso; sedentarismo em geral; sobrecarga da coluna com excesso de peso de bolsas, caixas, compras, entre outros; e uso excessivo de salto alto.

2. Em que idade a doença é mais comum? 
A escoliose costuma ser diagnosticada com mais prevalência na adolescência, na fase do crescimento, e por isso é conhecida por atingir mais crianças e jovens. Isso não impede, no entanto, de ela ocorrer também em adultos, especialmente após os 50 anos.

3. Como é feito o diagnóstico da doença?
 
O diagnóstico da escoliose é, inicialmente, clínico.O médico pede para o paciente inclinar o corpo para frente em um movimento similar ao realizado quando queremos tocar os pés, com as pernas esticadas. Nesta posição, um dos lados do tórax ou da região lombar aparece mais alto, fora de nível. Outras alterações vistas no exame é a assimetria dos ombros e a distância do braço para o corpo e/ou dos quadris. Após o primeiro diagnóstico clínico, é pedido um exame radiológico para a identificação do grau do desvio.

4. Como é o tratamento da escoliose? 
Para os casos mais leves, é indicado fisioterapia e uso de coletes especiais, além de reeducação de hábitos que agravam o quadro. Em casos em que o grau do desvio é acima de 40, é indicada a cirurgia, especialmente nos adolescentes que, pelo fato de ainda estarem em formação, tendem a ter uma evolução significativa do desvio da coluna. Nestes quadros, normalmente não há dor, mas a alteração estética causa grande desconforto para o adolescente que esta em formação física e emocional.

5. Como é o tratamento cirúrgico da escoliose?
A cirurgia indicada para o tratamento da escoliose é a artrodese, que realiza uma modelagem da coluna por meio da colocação de hastes parafusadas nas vértebras. Desta forma, é feito um realinhamento das vértebras para o eixo correto, formando um bloco estrutural sólido. Com materiais modernos, a correção da deformidade, em um único procedimento operatório. Em geral, o paciente não precisa usar colete após a cirurgia.






sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Restaurante árabe Farabbud comemora 15 anos com lançamento de livro

Paixão e temperos mágicos passando de pais para filhos. Essa é a história do restaurante Farabbud, localizado no bairro de Moema, marco da culinária árabe de São Paulo, que ficará  eternizada no livro comemorativo dos seus 15 anos, "Farabbud, uma História". 


A obra reúne curiosidades, depoimentos de colaboradores e clientes e receitas de 15 pratos de sucesso, um para cada ano de existência, além de uma receita da matriarca da família, que será incorporada ao menu no mês de aniversário, que é comemorado em novembro.  

Dentre as receitas , destaca-se a Sopa Herice (exótica sopa de trigo libanês em grão, com filé de frango desfiado, cebola corada na manteiga acrescida e pimenta síria); o Trigo Frique (mistura de trigo grosso, peito de frango desfiado e carne moída coberta com coalhada fresca e hortelã), o Quibe Vegetariano (mix de abóbora e trigo, recheado de alho-poró e queijo cottage, salpicado com palitos de amêndoas coradas na manteiga e servido com espaguete de pupunha, salteado com tomate, cebola e pimenta síria).


"Farabbud, uma História" tem prefácio escrito pelo crítico gastronômico da Folha de S. Paulo, Josimar Melo, um dos primeiros a descobrir a casa na cidade e a decretar, no ano de abertura, 2002, "sobram qualidades na cozinha libanesa do pequeno Farabbud". 

A apresentação é de Márcio Alemão, roteirista e crítico de gastronomia da revista Carta Capital, também um dos primeiros a destacarem a excelência gastronômica do restaurante. O texto é de autoria da jornalista Flávia Pinho (membro do júri de gastronomia da Revista São Paulo e colaboradora de diversos jornais e revistas da área)

Preço: R$ 60
Gratuito por mesa para os clientes que forem almoçar ou jantar no restaurante durante o mês de novembro.

Serviço:
Farabbud
Alameda dos Anapurus, 1253
Moema - São Paulo - SP - CEP 04087-003
Tel. 11 5054-1648
Instagram: @farabbud
Facebook: /Farabbud

Lançamento: Gold Cream, uma máscara cremosa facial com partículas de ouro 24k


A marca  Spa da Pele acaba de lançar na Beauty Fair 2017 a Gold Cream, uma máscara cremosa facial com partículas de ouro 24k. Nanopartículas de ácido hialurônico, biominerais, proteínas, óleo de argan e hydrovance fazem parte da composição do produto. Juntos, estes ativos promovem uma nutrição profunda e revitalização da pele, sem contar que estimula o metabolismo energético, segundo o fabricante.


“Para aplicar é muito simples, após o rosto estar limpo é só passar uma camada na pele e esperar cerca de 30 minutos. Em seguida é só retirar com água. Os resultados de uma pele saudável e aveludada são imediatos”, explica a CEO do Grupo Spa da Pele, Lucienne Souza. 

O valor sugerido do produto é de R$ 160,00 para o consumidor final e já está disponível no mercado.

Serviço: Para mais informações sobre os produtos visite o site: www.spadapele.ind.br ou ligue 0800 600 5350

sábado, 2 de setembro de 2017

Hardcore Footwear mostra sua coleção de sneakers femininos para o Verão 2018

Hoje estou inspirada e apresento mais um pouco de novidades da moda para você! Desta vez o foco está na marca de sneakers 100% brasileira, Hardcore Footwear, que apresenta sua nova campanha de Verão 2018 e seus modelos para a temporada.

 
A coleção foi buscar inspiração no clima tropical brasileiro e está supercolorida e repleta de estampas, para uma garota cheia de atitude e estilo nas ruas dos centros urbanos.



O tom esportivo, que domina o streestyle e que é pilar fundamental da Hardcore Footwear, também dá as caras e complementa o styling leve, despojado e cool, bem a cara da estação. A coleção traz opções em cano alto ou baixo, ainda cores lisas e modelos com recortes.






Moda: Bohemian Style inspira coleção Primavera 2017 da Antix

O Bohemian Style (ou simplesmente, boho) inspira novas influências para a temporada de Primavera 2017 da marca Antix, com referências ao movimento hippie dos anos 70 e um toque vintage contemporâneo. A Antix é queridinha das jovens que gostam de estampas (eu não sou tão jovem, mas me amarro rsrs).   


De forma descomplicada, a Antix criou uma coleção com peças estampadas e coloridas, perfeitas para montar um look atual sem deixar de seguir o movimento. Os prints aparecem em saias retrô e blusas floridas. Destaque os vestidos acinturados que valorizam a silhueta feminina.

vestidos acinturados
A coleção de verão 18 da Antix tem preços a partir de R$ 170,00 e já estão disponíveis nas lojas física e online da marca.

blusas floridas e estilo boho


estampa de flamingo

Conheça a coleção de scarpins da marca Luiza Barcelos para o Verão 2018

O Verão 2018 da marca mineira de sapatos e bolsas Luiza Barcelos acaba de chegar às lojas trazendo o scarpin à tona como um dos protagonistas e em diferentes versões. 


A marca revisita o modelo mais clássico, passando por versões com salto baixo ao tradicional com salto agulha, em variações de cores vibrantes – pink, verde floresta, azul celeste, amarelo solar, vermelho e roxo, que são a cara da estação.


Além deles, Luiza Barcelos traz também os modelos com salto bloco, prezando pelo conforto, sem deixar de lado o mood fashion característico da marca. Este modelo está disponível em camurça colorida, que aparecem em variantes: lisas, com babado, com aplicação de franja e fivela de strass. 



Numa proposta mais clássica o sapato aparece em verniz, com detalhe de laço na ponta e, com um toque mais moderno e fun as peças podem ser amarradas no tornozelo com lenços coloridos.