domingo, 5 de março de 2017

Saúde: Diabetes gestacional pode afetar a saúde do bebê


Caracterizado pelo aumento dos níveis de glicose no sangue, o diabetes mellitus gestacional (DMG) é um mal que atinge cerca de 10% das  grávidas no Brasil. A doença traz diversos riscos para o bem-estar dos bebês, que podem desenvolver hipoglicemia, malformação fetal e, nos casos mais graves, até falecer.

De acordo com o Dr. Gilberto Nagahama, ginecologista do Hospital San Paolo, localizado na Zona Norte de São Paulo, há um risco maior de óbitos fetais tardios (após a 32ª semana de gestação) quando o diabetes da mulher não é controlado. O líquido amniótico, que envolve o feto, é outra preocupação: o excesso dele, causado pelo descontrole da glicemia, pode atrapalhar a respiração da mãe, pois faz o tamanho do útero aumentar e comprimir o diafragma.




O médico explica também que a malformação do feto geralmente acontece quando a mãe engravida numa fase em que a doença se apresenta em um grau muito elevado. “A glicose materna passa pela placenta através de um mecanismo chamado difusão facilitada. Isso significa que muita glicose será transmitida para o bebê se a gestante estiver hiperglicêmica”.

O DMG divide-se em duas classificações: tipo A1, que pode ser controlado apenas com dieta; e o A2, que exige uso de medicamentos. “A situação das gestantes deve ser avaliada a fim de impedir a evolução da doença, e esse assunto merece atenção”, afirma o Dr. Gilberto. Ele alerta também sobre os fatores de risco: “o sedentarismo e a consequente obesidade devem ser combatidos por todos, mas especialmente pelas grávidas, pois aumentam as chances de desenvolver o diabetes”.




Realizar os mais variados exames, antes e logo no início da gestação, é fundamental, já que a hemoglobina glicada deve ser menor que 6,1% nesses períodos. Segundo o especialista, a mulher que pretende engravidar deve ter um controle rigoroso do DMG. “É importante lembrar que a doença é controlada com uma paciente e um médico conscientes, que se empenham para realizar um tratamento eficaz. Orientação nutricional e atividades físicas fazem parte do tratamento para controlar o diabetes”, finaliza o médico do Hospital San Paolo.

Veja outros posts sobre gravidez saudável aqui no blog.


Receita: Batatas Gratinadas com Cebola Caramelizada


Receita com batatas são sempre gostosas. A de hoje foi enviada pela marca de queijo Tirolez e é zero lactose.


Ingredientes

Cebola caramelizada:- 4 cebolas médias (800 g)
- 2 colheres (sopa) de azeite (30 ml)
- 3 colheres (sopa) de vinho do Porto (45 ml)
- Sal

Montagem
- 1 peça de Queijo Prato Zero Lactose Tirolez (500 g)
- 1,2 kg de batatas


Modo de Preparo
Cebola caramelizada: corte as cebolas em formato de meia-lua em uma espessura fina (3 mm). Aqueça o azeite em fogo médio em uma frigideira grande e de fundo grosso (ou antiaderente). Reduza para fogo mínimo e coloque as cebolas. Mexa constantemente até notar que a cebola está com uma cor levemente dourada e que a frigideira está bem seca. Adicione 4 colheres (sopa) de água (80 ml) e o vinho do Porto e mexa bem. Deixe a cebola caramelizar por mais 5 minutos até que fique bem dourada. Retire-a do fogo e tempere-a com sal.

Montagem: 
Escolha uma travessa de cerca de 21 x 18 cm ou uma travessa oval média (26 x 18 cm). Divida o queijo prato em três partes. Corte duas partes em fatias bem finas e rale a terceira parte. Descasque as batatas e corte-as em fatias bem finas (2 mm). Arrume-as em um refratário em fileiras, sobrepondo-as para formar um desenho como o de uma escama de peixe. Faça duas camadas de “escamas de batata” tempere com sal e cubra com metade da cebola caramelizada. Distribua as fatias de queijo prato e faça mais uma camada de batata, polvilhe sal e espalhe o restante da cebola. Distribua as últimas fatias de queijo. Faça mais uma camada de batatas e finalize polvilhando o queijo prato ralado.Leve para assar a 180 ºC em forno preaquecido e deixe por cerca de 30 minutos ou até que o queijo prato esteja gratinado. Retire do forno e sirva quente puro, acompanhado de legumes cozidos no vapor, como vagem, brócolis e cenoura, ou mesmo acompanhando carnes ou frango assados ou grelhados. 

Dicas:
- Corte as batatas em fatias finas e regulares para que assem durante o tempo em que estiverem no forno. Se precisar, utilize um fatiador de legumes tipo mandolin.

- Quanto mais caprichado for o desenho de escama, mais bonita ficará a apresentação na hora de servir.

- Durante o preparo, caso a cebola comece a grudar no fundo da frigideira, diminua mais o fogo e respingue um pouco de água para umedecer.

Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 10 porções

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...