quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Receita: Bolo Pé de Moleque

Essa é a receita para você fazer e deixar a todos com gosto de quero mais na boca. O Bolo Pé de Moleque é uma criação da Bunge Brasil  e, para fazer jus ao nome, leva amendoim torrado na massa.


Ingredientes1 xícara (chá) de leite (250 g)
1/3 xícara (chá) de margarina Primor (70 g)
1 ¼ xícara (chá) de açúcar (220 g)
1 1/3 xícara (chá) de fubá (170 g)
4 ovos (220 g)
1/3 xícara (chá) de farinha de trigo (40 g)
2/3 xícara (chá) de coco seco ralado (60 g)
2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado (14 g)
1 xícara (chá) de amendoim torrado, grosseiramente triturado (150 g)
1 colher (sopa) cheia de fermento (12 g)
Margarina Primor para untar e farinha de trigo para polvilhar


Modo de Preparo
Leve para ferver o leite, a margarina Primor e o açúcar numa panela. Adicione o fubá e cozinhe, mexendo sempre, até que comece a engrossar. Leve a mistura à batedeira e, à velocidade média, acrescente os ovos, um a um, até que sejam absorvidos pela massa. Junte a farinha de trigo, o coco ralado, o queijo parmesão, o amendoim e misture bem. Acrescente o fermento, misture e reserve.

Em forma com furo no meio, untada e polvilhada, coloque a massa e leve para assar em forno preaquecido, à temperatura de 180°C, por 40 minutos. Retire do forno, deixe esfriar, desenforme e decore a gosto.

Infantil: Tip Top apresenta coleção Verão/Primavera 2017

Momentos de sol, calor e muita alegria. Esse é o espírito da estação Verão/Primavera e da nova coleção Tip Top, que aposta em peças que mantenham o frescor e o conforto da criançada nesta temporada 2017. Os modelos da Tip Top podem ser conferidos nas 107 lojas da rede e são para crianças com idade de 0 a 10 anos.
 

Conforto para todas as idades

Entre as tendências estão:

Listras – Sempre presentes no mundo da moda, elas aparecem em versões vertical, diagonal e horizontal. O mais legal é que dá para misturar com vários acessórios e outras peças como jaquetas e blusões.
Aposte nas listras

Estilo Marinheiro – Basta o calor chegar que as cores branco, azul marinho e vermelho se destacam nas produções da moda navy. Imagens de âncoras, cordas e correntes traduzem o cenário de mar e sol, um estilo sofisticado de uma vida ao ar livre.

Estilo navy

A moda praia é um capítulo à parte na Tip Top e as peças em elastano possuem proteção UV 50+ (ou seja, maiô, biquíni e sunga). Assim as mamães podem preparar as crianças para se divertirem em dias ensolarados, reforçando a proteção solar e se sentindo muito mais tranquilas para relaxar e curtir a brincadeira juntinhos. Os novos itens estão megadivertidos, com estampas de mergulhador e para as meninas pecinhas que remetam às sereias.

Momento sereia

Coleção divertida de moda praia

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Saúde: Grávida pode ingerir bebida alcoólica durante a gestação?

Dona de 3 medalhas olímpicas, a campeã mundial de vôlei Fofão, que atuou na Seleção Brasileira de 1991 a 2008, apoia a Campanha‪#‎gravidezsemalcool‬, da Sociedade de Pediatria de São Paulo. Participe você também! Há cerca de três anos, foi deflagrada nacionalmente a iniciativa permanente que visa combater a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF).


A exposição pré-natal a qualquer tipo e quantidade de bebida alcoólica pode acarretar problemas graves e irreversíveis ao bebê. Eles podem revelar-se logo ao nascimento ou mais tardiamente e perpetuam-se pelo resto da vida. A Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) apresenta diversas manifestações, desde malformações congênitas faciais, neurológicas, cardíacas e renais, mas as alterações comportamentais estão sempre presentes. 

Contabiliza, mundialmente, de 1 a 3 casos por 1000 nascidos vivos. No Brasil não há dados oficiais do que ocorre de norte a sul sobre a afecção; entretanto, existem números de universos específicos. Para ter uma ideia, no Hospital Cachoeirinha, um estudo com 2 mil futuras mamães apontou que 33% bebiam mesmo esperando um bebê. O mais grave: 22% consumiram álcool até o dia de dar à luz.

Quer um bebê saudável? Fique longe do álcool!
“É fundamental ressaltar que o melhor caminho é realmente a prevenção” completa a Dra. Conceição Aparecida de Mattos Ségre, do Grupo de Prevenção dos Efeitos do Álcool na Gestante, no Feto e no Recém-Nascido da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP). “Não há qualquer comprovação de uma quantidade segura de bebida alcoólica que proteja a criança de qualquer risco. Neste caso, a gestante ou a mulher que pretende engravidar deve optar por tolerância zero à bebida alcoólica”.


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...