sexta-feira, 22 de julho de 2016

Receita: Quibe de carne e quinoa


De origem árabe, o quibe assado é uma opção de prato principal para almoço e jantares. Confira receita especial da marca Castelo Alimentos, que substitui o trigo para quibe pela quinua, uma semente rica em proteína, ômegas 3 e 6. O bom deste tipo de prato é que não dá trabalho. É só misturar, assar e comer ;). A quinoa tem um tempinho de preparo prévio, mas vale a pena. Eu sou fã de deste alimento.

Quibe de carne e quinoa

Ingredientes
1 xícara (chá) de quinoa em grãos (150g)
2 xícaras (chá) de água
1 cebola picada
500g de carne moída
¼ xícara (chá) Vinagre de Álcool com Hortelã Castelo
1 colher (chá) de sal
2 colheres (sopa) de hortelã fresca picada
4 colheres (sopa) de Azeite de Oliva Castelo

Modo de Preparo
Lave bem os grãos de quinoa e escorra em uma peneira. Coloque em uma panela com a água e deixe cozinhar em fogo baixo até secar. Retire do fogo e deixe amornar. Misture com a cebola, a carne moída, o Vinagre de Álcool com Hortelã Castelo, o sal, a hortelã e 3 colheres (sopa) do Azeite de Oliva Castelo. Coloque em um refratário médio, faça riscos com a ponta de uma faca na superfície e pincele com o restante do azeite. Leve ao forno quente (250º C), preaqquecido, por cerca de 30 minutos ou até ficar firme e dourado. Retire, espere amornar e corte em quadrados.

Rendimento: 6 porções
Tempo de Preparo: 40 minutos
Calorias: 260 a porção

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Saúde dos olhos: O que é a blefarite?

O blog vai publicar uma série de dicas sobre visão e saúde dos olhos. Resolvi resgatar o tema, pois sou uma pessoa que tem miopia e, ao conversar com algumas pessoas, percebi que existem dúvidas sobre diferentes assuntos. O primeiro post é sobre: blefarite, uma inflamação que aparece na pálpebra .Os esclarecimento são do Dr. Ricardo Menon Nosé (CRM 145.706), oftalmologista especializado em Doenças Externas Oculares e Córnea pela Unifesp e médico-assistente na Eye Clinic Day Hospital. Fiz a entrevista durante o XIV CONGRESSO INTERNACIONAL DE CATARATA E CIRURGIA REFRATIVA.

Cuidado com a remoção da maquiagem
Você sabia que a Blefarite é uma das doenças externas oculares mais comuns? Trata-se de uma inflamação crônica especialmente da margem palpebral, normalmente associada com a meibomite, inflamação e disfunção das glândulas de Meibômius, que são responsáveis por produzir a camada gordurosa da lágrima. Olho vermelho, coceira e olho seco são alguns dos sintomas da blefarite. Esta doença é ocasionada principalmente pela poluição, mas a maquiagem pode contribuir para o seu aparecimento. 

As impurezas como, por exemplo, a maquiagem, se acumulam nas pálpebras e caso não sejam removidas adequadamente, podem entupir as glândulas de Meibomius, responsáveis pela camada gordurosa da lágrima. Assim, essa camada fica deficiente, contribuindo para a evaporação mais rápida da lágrima, causando o olho seco evaporativo”, explica o oftalmologista. 

A higiene palpebral é fundamental para prevenir e tratar a blefarite. Pode ser utilizado tanto um shampoo neutro infantil ou específico para este tipo de tratamento. Utiliza-se uma pequena quantidade do shampoo para a produção de espuma, que deve ser aplicada suavemente nas pálpebras, ou seja, a espuma é friccionada na região, sem muita força. Essa dica é só para higiene da região, o diagnóstico e o tratamento devem ser indicados pelo oftalmologista.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Casamento: Celso Kamura apresenta quatro estilos de noivas

Pensando nos diversos estilos de noiva, Celso Kamura realizou o II Workshop de Moda e Beleza para noivas. No evento, foram apresentados quatro estilos de noivas produzidas pelo beauty artist e sua equipe.

Uma linda mesa de doces foi montada com as delicadas doçuras de Maria Cardone e Kenzzo, que comanda a Kikah Doces Artesanais. O bolo teve assinatura de Otávia Sommavilla. As flores que ambientaram o espaço foram da Veiling Holambra, os móveis e decoração de Mobile Festas e Ideia Única.


Evento sobre casamento precisa de bolo!

Moderno/ContemporâneoPara as noivas modernas é importante valorizar a personalidade da mulher para, então, se pensar no estilo de cabelo. Neste caso, a cor e o corte são os pontos principais, combinados com um acessório igualmente contemporâneo. A beleza da noiva moderna foi pensada na mulher minimalista, que gosta e usa as tendências de beleza e maquiagem, mas prefere valorizar seu estilo mais discreto e reservado. A pele recebeu um contorno com cores leves, trazendo iluminação para a pele. O rosto traz frescor, viço e naturalidade. Loira platinada de cabelo longo, com acessório de Graciella Starling e vestido de R. Rosner, teve make de Roosevelt Vanini e hair de Isac Muniz.



Diferencial do acessório de cabeça

Praia
Quem casa na praia pode ter uma beleza mais despojada nos cabelos, eles precisam ter movimento, serem leves, com textura. Podem ser penteados presos ou semi-presos para tirar um pouco do cabelo do rosto. O make é mais marcante, bronzant, em tons de cobre e terracota e sombras metálicas, valorizando o que a mulher tem de melhor. Noiva de cabelo long bob solto por Bruno Ximendes e make Roosevelt Vanini. 



Toque bronzant na maquiagem 

Campo
Para quem vai casar no campo, é importante o uso de acessórios no penteado para compor um estilo leve, mas com bastante classe. As tranças são ótimas pedidas para essa ocasião, pois formam um mix de romantismo e graça. A pele é leve e iluminada, com olhos coloridos em tons pastel, azul e rosa. A boca é somente hidratada ou recebe a aplicação de um batom levemente aplicado com a ponta dos dedos para dar um ar de frescor. Vestidos Pó de Arroz.


Tranças e floras para casamento no campo

Clássico
Os cabelos são presos, bem polidos, com frente alta, coque ou rabo de cavalo, bem construído e impecável. São penteados atemporais, sofisticados e muito bonitos. A maquiagem também foi pensada no que a maioria das mulheres gostam, o clássico olho preto e esfumado, com boca em tom nude e vermelho, pode-se abusar também do delineador bem marcado. Na foto, uma releitura de um rabo de cavalo baixo, com frente alta e finalizada de maneira diferente até chegar à base do rabo de cavalo, make assinado por Roosevelt Vanini. Vestidos Kazuo e acessórios Bibiana Paranhos.


Rabo de cavalo baixo para um visual clássivo

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Receita para aquecer: Caldo Verde


Uma receita de sopa substanciosa para este inverno: Caldo Verde. Essa eu vou fazer, sem falta. Fácil de fazer e boa de comer. A sugestão é da rede Divino Fogão.


Caldo Verde

Azeite - 2 colheres
Cebola - 1 unidade
Alho - 2 dentes
Sal - A gosto
Pimenta do reino - A gosto
Calabresa - 1 unidade
Couve picada - 1 xícara
Batata - ½ kg
Água - 1 litro

Modo de Preparo
Em uma panela, aquecer a metade do azeite, refogar a cebola e o alho até dourar. Colocar a batata cortada em cubos e a água, cozinhar até as batatas ficarem macias e bater no liquidificador. Em uma panela refogar bem a calabresa. Acrescentar nas batatas batidas. Voltar ao fogo até apurar, colocar a pimenta do reino e finalizar com a couve. Corrigir o sal e servir.

Tempo de preparo: 25 minutos



O BOM GIGANTE AMIGO nos cinemas une imaginação, sonhos e risadas

Estreia no dia 28 de julho, o clássico O BOM GIGANTE AMIGO, baseado no livro de Roald Dahl, que finalmente chega às telas graças à união do talento com mais dois dos maiores contadores de histórias do mundo Walt Disney e Steven Spielberg. Assisti à pré-estreia, realizado no cinema do Eldorado Shopping, e a versão em 3D é indicada para crianças, adolescentes e adultos que gostam de histórias como a de Harry Porter.  



Dirigido por Spielberg, o filme O BOM GIGANTE AMIGO (BGA), da Disney, narra a história cheia de imaginação de como um Gigante se aproxima da pequena Sofia, uma garota que mora num orfanato, e a leva para as maravilhas e os perigos da Terra dos Gigantes. 




"Acho que foi genial da parte do Roald Dahl conseguir dotar as crianças de poder, tendo realmente muita coragem de propor essa combinação de luz e trevas – que acaba sendo a marca registrada da Disney em várias outras obras, como Dumbo, Fantasia, Branca de Neve e Cinderela –, que é, ao mesmo tempo, assustador e redentor, sem deixar de ter uma lição que fica e perdura para todos. É espetacular o que ele fez. Foi uma das coisas que me levou a querer dirigir essa história do Dahl", conta Spielberg.



O BGA (Mark Rylance), embora gigante, é bem diferente dos outros habitantes da Terra dos Gigantes. Apesar de ter mais de 7 metros de altura, orelhas enormes e um olfato aguçado, ele é um cativante e acanhado bobalhão.  Ele tem a companhia de outros gigantes, muito maiores que ele, como o BocaBrava e o FazMaldade, duas vezes mais assustadores e são conhecidos por comer “humanomens”, enquanto o BGA prefere “chuchubobrinha e “frosbulhante”. Quer saber o que são esse itens? Só assistindo o filme, pois não vou encher o post com spoiler.
O Bom Gigante Amigo e os gigantes ainda maiores
É uma história que fala de amizade, que fala de lealdade e de proteger os amigos, mostrando que mesmo uma garotinha pode ajudar um gigantão a resolver seus maiores problemas, contando com a ajuda da Rainha Elizabeth.


A Rainha Elizabeth vai conhecer o gigante
O BOM GIGANTE AMIGO estreia nos cinemas brasileiros em 2016, o ano que marca o 100º aniversário do nascimento de Roald Dahl.


Os amigos desbravam novas terras


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...