quarta-feira, 22 de abril de 2015

informações sobre saúde intestinal da mulher e dicas de nutrição

Saúde intestinal é um tema que poucas pessoas gostam de abordar, principalmente as mulheres. Mas, a alimentação tem a sua contrapartida no funcionamento do organismo (o que entra pela boa tem que sair). 

A Danone, dona da marca ACTIVIA, tem desenvolvido ações para quebrar o tabu sobre o assunto, como o evento realizado no dia 08/04, em São Paulo, com a participação do Dr. Flávio QuiliciPresidente da Sociedade de Gastroenterologia de São Paulo; Dra. Pamela Magalhães, psicóloga formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, especialista em Psicologia Hospitalar; Violeta Niborski, pesquisadora da Danone Research, que investe há 20 anos em pesquisa e desenvolvimento nas áreas de saúde e nutrição; e Tatiana Turquete, gerente de marketing de Danone Activia. Quem moderou a apresentação foi a jornalista Rosana Jatobá, que foi muito competente na condução do debate.

O gastroenterologista Dr. Quilici, Rosana Jatobá e a psicóloga Paula Magalhães
Foram muitas informações, com destaque para a divulgação do resultado do PRIMEIRO MAPEAMENTO EM ESCALA NACIONAL DA SAÚDE INTESTINAL DA MULHER BRASILEIRA E DOS IMPACTOS EM SUA QUALIDADE DE VIDA, que demonstrou que a questão influencia no bem-estar, na libido e na concentração feminina. Um folder deste estudo foi entregue para todos participantes e os gráficos que apresento abaixo foram retirados deste material.    

1) Você sabia que o intestino pode ser considerado um segundo cérebro, em função da quantidade de neurônios que possui? Por isso, estresse, nervosismo, tensão e ansiedade podem afetar o funcionamento dele. 


2) Na pesquisa de campo foram abordadas 3.029 mulheres de nove capitais brasileiras e do Distrito Federal que apresentaram como principais queixas, os seguintes sintomas: gases, inchaço, sensação de peso e prisão de ventre.


3) Foram detectados também aspectos emocionais, que demonstram que a saúde intestinal influencia a qualidade de vida, promove a perda de concentração, tem impactos no humor e na vida sexual. Afinal, se sentir inchada traz desconforto e mau humor mesmo, pelo menos para mim.   



Como lidar com a situação? O tripé da saúde do intestino consiste em alimentação balanceada, exercícios físicosemoções sob controle. Sair do sedentarismo é fundamental para estimular o funcionamento correto do intestino – meia hora de atividade física por dia já estimula os movimentos peristálticos e pode ajudar na saúde intestinal. 

Ter válvulas de escape contra estresse, ansiedade e tensões do dia a dia também pode ajudar a melhorar o funcionamento intestinal. Ou seja, descansar, ter um hobby, se divertir para resgatar o controle emocional.   

No quesito alimentação balanceada, é fundamental ingerir alimentos ricos em fibras (indica-se a ingestão de 20g de fibras por dia) com probióticos dentro de uma alimentação equilibrada e tomar uma quantidade adequada de água. Quem tem tendência a gases, pode diminuir a ingestão de alimentos que fermentam como feijão, lentinha, brócolis e grão de bico. Mas, consulte um nutricionista para garantir os nutrientes fornecidos por estes alimentos. Mais dicas? Aguarde um novo post com os principais mitos sobre saúde intestinal.

Euzinha e Rosana Jatobá
    



  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...