domingo, 21 de dezembro de 2014

Alerta: Excesso de iodo pode causar câncer de tireoide


De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), as doenças que atingem a tireoide afetam aproximadamente 300 milhões de pessoas no mundo, sendo que mais da metade dos casos não são diagnosticados. No Brasil, cerca de 15% da população sofre com problemas na tireoide.

Salmão é um boa fonte de iodo
A médica Elisabete Fernandes Almeida, parceira da operadora de saúde Care Plus, especializada em Educação em Saúde, explica que a tireoide é uma glândula situada na base da garganta que produz, armazena e libera os hormônios tireoidianos T3 e T4 que, por sua vez, afetam quase todas as células do corpo ajudando a regular o metabolismo. “A tireoide é capaz de interferir no funcionamento de vários órgãos do corpo humano, entre eles, o coração, os rins e o intestino”.

Para o bom funcionamento da tireoide são necessárias algumas substâncias como o iodo e o cálcio. “O iodo é responsável pela síntese dos hormônios tireoidianos T3 e T4 que atuam no crescimento físico e neurológico, na manutenção do fluxo normal de energia, manutenção da temperatura corporal e de uma série de processos bioquímicos; portanto, são importantes para o funcionamento perfeito de todos os órgãos”, diz Elisabete.

A falta e o excesso de iodo

Morango é fonte de iodo
A falta de iodo na dieta pode causar o hipotireoidismo, síndrome clínica que resulta da deficiência dos hormônios tireoidianos e ocasiona redução dos processos metabólicos no organismo. Dra. Elisabete conta que quando o hipotireoidismo se manifesta na infância pode ocorrer uma redução acentuada do crescimento e do desenvolvimento com consequências sérias como o retardo mental. Essa questão é tão importante que, desde 1950, os produtores de sal no Brasil são obrigados a enriquecer o produto com iodo, que também é obtido por meio da ingestão de alimentos como frutos do mar, salmão,  pescada, castanhas, beterraba, espinafre, pepino, morango, leite, entre outros.

Se antigamente a falta de iodo era comum, hoje, um estudo do Ministério da Saúde constatou que os brasileiros estão consumindo iodo em excesso, o que também prejudica o bom funcionamento da tireoide, causando o hipertireoidismo. Com isso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) publicou uma nova resolução obrigando os fabricantes de sal a diminuírem a quantidade de iodo.

Câncer de tireoide

Beterraba é alimento saudável
Nos últimos anos, é notável o aumento de casos de câncer de tireoide. Apesar dos métodos de diagnóstico terem avançado, alguns cientistas consideram que o iodo pode ser um dos fatores de risco para o aumento da incidência da doença. O câncer do tipo papilífero, que corresponde a 80% dos casos, parece ter relação com a ingestão excessiva de iodo.


Segundo a médica Elisabete, outras pesquisas são necessárias para comprovar essa relação. “Enquanto isso é melhor obter o iodo através de alimentos ricos no mineral em vez de abusar do sal. Invista nos peixes de água salgada, que também contêm ômega-3 e minerais como o selênio e o magnésio. Frutos do mar, abacaxi e vegetais verdes-escuros também têm boas quantidades de iodo”, indica.     


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...