quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Saúde - cuide da pele: Campanha conscientiza sobre a psoríase

A psoríase ainda é uma doença desconhecida por boa parte da população e continua trazendo um grande impacto negativo na qualidade de vida de seus portadores. A doença que afeta mais de 125 milhões de pessoas em todo o mundo é altamente estigmatizante, o que levou a Organização Mundial de Saúde(OMS) a aprovar, em maio de 2014, uma resolução histórica reconhecendo que a psoríase pode apresentar sérias implicações físicas e psicossociais para o paciente.

No Brasil, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) lançou um campanha a fim de promover um amplo trabalho de conscientização das pessoas contra o estigma que acompanha quem sofre com a doença, com informações que estão no site: http://www.psoriasetemtratamento.com.br/. Veja também esclarecimentos sobre o tema apresentados pelo Dr. Marcelo Arnone, Coordenador da Campanha Nacional de Conscientização de Psoríase da SBD. Lembre-se: se apresentar algum dos sintomas, procure um dermatologista.

Dr. Marcelo Arnone, coordenador da Campanha Nacional de Conscientização da Psoríase; Thaísa Daher e Rubens Barrichello, padrinhos da campanha


O que é a psoríase?
Psoríase é uma doença inflamatória da pele, crônica, autoimune, não contagiosa e com incidência genética em cerca de 30% dos casos. Caracteriza-se por lesões avermelhadas e descamativas, normalmente em placas, que aparecem, em geral, no couro cabeludo, unhas, mãos e pés, cotovelos e joelhos, mas pode afetar toda e qualquer parte do corpo. Surge principalmente antes dos 30 e após os 50 anos, mas em 15% dos casos pode aparecer ainda na infância. Pesquisas mostram que sua incidência é alta, acometendo milhões de pessoas no mundo. A psoríase parece ser transmitida para as próximas gerações de uma família. Os médicos acreditam que ela ocorra por uma alteração do sistema imunológico, que leva a inflamação da pele.

Quais são as causas da psoríase?
Apesar das causas da psoríase ainda não estarem totalmente esclarecidas, já é possível identificar fatores que levam ao aparecimento da doença, sendo eles:
- Predisposição familiar (genética)
- Estresse emocional
- Infecções
- Traumas físicos e psíquicos
- Efeito colateral de alguma medicação
- Tabagismo
- Alcoolismo
- A psoríase não é uma doença contagiosa

Quais são os sintomas?
- Pele irritada/coceiras
- Manchas vermelhas
- Placas grossas avermelhadas de pele coberta de escamas branco-prateadas
- Dores nas articulações (artrite psoriática)
- Alterações nas unhas, incluindo espessamento da lâmina da unha, alterações na superfície das unhas e descolamento das unhas.
- Caspa severa no couro cabeludo

Como saber se é psoríase?
Como a doença, na grande maioria das vezes, se inicia pela pele, o médico capacitado para diagnosticar a psoríase é, principalmente, o dermatologista e, quando a doença afeta as articulações, é o reumatologista. O diagnóstico é feito apenas com exame clínico e, raramente, há necessidade de biópsia - retirada de fragmento da pele para exame. Exames de sangue podem ser solicitados para diagnosticar possíveis doenças associadas, como por exemplo: diabetes, aumento de triglicérides e do colesterol.

A psoríase tem cura?

Assim como outras doenças crônicas, como hipertensão, diabetes e insuficiência cardíaca, a psoríase ainda não tem cura definitiva, mas hoje existem medicamentos e cuidados eficazes que mantém a doença adequadamente controlada. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...