domingo, 21 de setembro de 2014

Villa Mix Festival São Paulo - eu fui e conto como foi a animação!

Depois da longa espera, chegou o sábado do Villa Mix Festival em São Paulo, no Campo de Marte, no dia 20 de setembro. Junto com ele, a ameaça de chuva na capital paulista. Então você pensa: depois de meses sem água, vai chover logo no dia dos shows? Fazer o que? Enfrentar a água que cair, é claro. 




Consegui entrar na pista por volta das 14 horas, depois de umas voltas para estacionar o carro num lugar seguro (preferi deixar no Terminal Rodoviário do Tietê, que tem um preço mais justo. O estacionamento oficial do evento custava R$ 70,00 e ficava longe da entrada).

Logo ao chegar, para minha surpresa, a dupla Guilherme e Santiago já estava no palco, dando início aos shows. Já assisti a apresentação deles antes. São ótimos para animar a galera, com um repertório cheio de sucessos, como "E daí",  "Tá se achando", "Mete Sua Boca na Minha" e a romântica "Jogado na Rua".  


       

Infelizmente, a pista era muuuito longe do palco principal. Foi uma coisa que me frustrou. Já fui em outros festivais sertanejos e neste as áreas vips tomavam toda a frente. Achei um belo exagero, mas como dizem são os privilégios de quem pode pagar mais caro. Por isso, só consegui tirar uma foto do telão (nem tão grande assim, que ficava para o público da pista. As fotos de artistas no palco, eu peguei da internet).


  
Depois do intervalo, entrou a dupla César Menotti e Fabiano. Foi o primeiro show deles que vi e eles me surpreenderam, com um repertório animado que contou com as canções "Como um anjo", "Ciumenta" e "Não era eu". Alguns casais arriscaram dançar sertanejo na pista. Muito legal!


A terceira apresentação da tarde foi a de Victor e Léo. Senti falta de mais músicas de sucesso da dupla no repertório, que inclui "Fada" e "Que vida boa" - já assisti uns 3 shows deles antes deste e tenho cd. Sinto que eles precisam se renovar e faltou interação com a plateia. Mal percebi eles agradecerem quando a apresentação terminou.




O galã-cantor Gusttavo Lima reaninou o Villa Mix Festival, com seu repertório movido a arroxa (já vi uns 3 shows de GL). Engraçado é que ele entrou no palco de óculos, jaqueta e até cachecol. Depois, se livrou dos acessórios ao longo do show. Ele interage muito com a plateia e as fãs não perderam a oportunidade de subirem ao palco para beijarem Gusttavo (que ganhou muitos presentes, até uma cueca verde-amarela!). No repertório, "Gatinha Assanhada", "Balada Boa", "Doidaça", "As mina pira na balada", entre outros sucessos. Ele gosta de dar espaço para outros ritmos, como o funk. Seu show durou mais que os anteriores  - uns 70 minutos.



A dupla mais querida e de maior sucesso no Brasil na atualidade, Jorge e Mateus foi a atração seguinte. Devo dizer que só decidi ir ao Villa Mix por causa deles. Jorge rouba a cena com sua simpatia, conversa com as fãs que estão na frente do palco, tirando selfies, ganhando presentes e tudo o mais (até atrapalho um pouco o ritmo do show). Mateus é mais na dele, mas teve seu momento de apresentação solo - com duas músicas em inglês.Cantaram "Seu Astral", "Ai Já Era", "Fogueira", "Um dia te Levo Comigo", "Calma" e muito mais. Na última música, Jorge desceu para a área em frente ao palco e, para delírio dos fãs, distribuiu beijos, agraços e fotos. 


O show seguinte mudou o ritmo da noite: Sorriso Maroto. Foi a primeira vez que os vi cantando e achei muiiito bom. Um som claro, sucesso de monte e o vocalista Bruno mandando bem nos vocais. Vale a pena assistir. "Guerra Fria", "Brigas por Nada", Instigante", "Sinais", "Assim você mata o papai", entre outros hits da banca de pagode. Como não tenho foto, deixou aqui um vídeo para assistirem.

Depois de quase 12 horas em pé, acabei não assistindo as duas últimas apresentações de Israel Novaes e Humberto e Ronaldo. Os pés estavam doendo. Infelizmente, o tempo entre as apresentações era de quase uma hora (muito tempo, em minha avaliação).

Pontos fortes: atrações musicais, parque de alimentação - tinha até temakeria, batata frita, burritos, kafta etc etc.

Pontos fracos: distância da pista do palco (os cantores viviam mandando abraço para a turma do fundão) e tempo entre as apresentações (cerca de uma hora e sem muito o que fazer nesse período). 

Você já esteve em alguma edição do Villa Mix em sua região? Conte como foi!   



     

    
    

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...