sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Saúde: Mitos e Verdades sobre a gravidez

A gestação é um período em que a mulher passa por diversas alterações corporais e psicológicas. É natural surgirem dúvidas principalmente quando se trata do primeiro filho. Segundo o Ginecologista e Obstetra do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Dr. Fabio Muniz, nesta fase o corpo da mulher sofre diversas alterações. Algumas mulheres, por exemplo, alegam sentir mais calor durante a gestação e isso pode ocorrer devido ao aumento da progesterona, hormônio que torna o corpo feminino  propício à gravidez, acelerando o metabolismo, o que aumenta a temperatura corporal.

Para esclarecer as principais dúvidas das gestantes, o ginecologista respondeu as 10 perguntas mais questionadas em seu consultório:

- Fazer exercícios grávida prejudica o bebê? Quais tipos de exercício são indicados?
A realização de exercícios físicos aumenta a sensação de bem-estar e consciência das transformações corporais durante a gravidez. É muito importante que o exercício seja acompanhado por um educador físico e tenha liberação de seu médico.  Para as gestantes que já praticavam atividade física antes da gravidez, a intensidade deve ser reduzida em aproximadamente 1/4. As gestantes que vão iniciar a atividade devem começar com caminhadas leves entre 15 e 20 minutos. A frequência cardíaca não deve ultrapassar os 140 batimentos por minuto. O ideal é que a mulher aprimore seu desempenho antes da gravidez e mantenha o hábito de se exercitar três vezes por semana.  Dentre as atividades recomendadas para gestante estão  as caminhadas, natação, ginástica sem impacto, hidroginástica, RPG e  alongamento.


- É possível engravidar na menopausa?
O que caracteriza a menopausa é a ausência da menstruação e depois de confirmado este diagnóstico, não é possível engravidar por meios naturais. Pode ocorrer de a mulher engravidar no período que antecede a menopausa, pois a menstruação pode ficar irregular, mas eventualmente a mulher ovula, e se não utilizar algum método contraceptivo poderá engravidar.  

- Quem tem o bico invertido terá problemas na amamentação? O que se deve fazer?
Sim, gestante com mamilos planos terão mais dificuldade para amamentar, pois a “pega” será prejudicada. Existem mamilos que apresentam uma pseudoinversão e com uso de conchas mamilares e leve manipulaçao podem exteriorizar. A gestante deverá sempre ser avaliada pelo seu médico para orientações sobre o aleitamento e cuidados com as mamas na gravidez e pós parto.

- O Formato da barriga indica o sexo do bebê?
Não. O formato do corpo da mãe determina como será a barriga, se mais arredondada ou pontuda e, isto, está relacionado à estrutura muscular do abdômen materno e a postura.  Para quem possui a musculatura mais definida, a tendência é que a barriga fique mais alta, e nos casos de musculatura mais flácida, a barriga fica mais baixa.

- Sexo durante a gravidez faz mal e pode antecipar o parto?
O sexo em condições normais não faz mal nem desencadeia o trabalho de parto prematuro. Existe restrição em situações anormais, como na ameaça de aborto, risco de trabalho de parto prematuro ou quando ocorre a ruptura da membrana amniótica.

- Quais os principais cuidados que a gestante deve ter durante a gravidez?
Toda gestante merece apoio e atenção não só pelas condições orgânicas as quais passará, como também pelas modificações psicológicas geradas no período.  A participação do companheiro e da família é fundamental. O acompanhamento pré-natal é de extrema importância, pois permitirá a identificação de situações de risco à gravidez, condições clínicas que poderão ser tratadas permitindo intervenções no intuito de manter o bem estar materno e fetal.  É indicado também o acompanhamento de um médico da confiança da paciente que orientará e esclarecerá dúvidas referentes as alterações fisiológicas ou patológicas da gravidez, como também da adoção de medidas comportamentais e dietéticas benéficas à evolução da gravidez saudável.

- Grávidas podem fumar ou ingerir bebidas alcoólicas? Qual o risco para o bebê?
Pelos malefícios à saúde, nenhuma pessoa deveria fumar.  Grávidas então, jamais. Além de trazer sérios riscos à saúde materna, o hábito de fumar poderá causar aborto espontâneo, parto prematuro, recém-nascidos de baixo peso e morte fetal. A gestante que fuma apresenta mais complicações durante o parto e tem o dobro de chance de dar a luz a um bebê de baixo peso e menor comprimento. O monóxido de carbono e a nicotina passam para o feto através da placenta. Existem estudos que demonstram que crianças de sete anos, filhos de mães fumantes, apresentam atraso no aprendizado quando comparados a filhos de mães não fumantes. A gestante que vive em ambiente poluído pela fumaça do cigarro também pode apresentar os mesmos problemas.

As gestantes não devem ingerir bebida alcoólica em nenhuma quantidade.  Estudos recentes nos EUA mostram que o álcool é umas das principais causas de retardo mental em recém-natos. O álcool passa para o feto através da barreira placentária e como os órgãos fetais não tem plena capacidade de metabolizá-lo pode gerar danos irreversíveis. O hábito de ingerir bebida alcoólica na gravidez além de gerar problemas obstétricos, pode levar a síndrome alcoólica fetal que causa baixo peso, déficit mental, deformidades cardíacas e do sistema nervoso central. Muitas mulheres bebem um pouco durante a gravidez (um cálice) e conseguem dar luz a bebes saudáveis, contudo, não há segurança nesta medida.  Portanto o recomendável é que seja suspenso o uso de bebida alcoólica durante a gravidez e amamentação.


- A gestante pode pintar ou descolorir o cabelo? E usar alisantes ou fazer escova progressiva?
Embora não exista comprovação científica de que as tinturas, ondulações e processos químicos afetem o bebê, os produtos utilizados contêm, em sua maioria, amônia, um produto com forte odor que pode causar mal estar e pode ser absorvida em pequena quantidade pelo couro cabeludo.  Produtos que contenham chumbo em sua formulação também devem ser evitados. A opção fica por conta de tinturas que não utilizem estes produtos e os reflexos e luzes que não atingem o couro cabeludo. A hena pode ser utilizada desde que não tenha chumbo em sua composição.

- Porque usar salto alto é um risco?
De acordo com especialistas do aparelho locomotor, sapatos de salto alto são prejudiciais à saúde das pernas e coluna, porém o salto de dois centímetros é considerado ideal para postura humana. Na gravidez salto alto apresenta maior risco, considerando possíveis tonturas, sonolência, dificuldade motora e vertigens que são sintomas comuns deste período. Todos os calçados utilizados no período da gravidez devem ser confortáveis, de materiais flexíveis, sem aperto ou bico fino. Deve se preferir solados emborrachados, que previnem contra escorregões e quedas.

- Pode consumir carne crua como sashimi e carpaccio?
A maior preocupação com relação à carne crua é a toxoplasmose, doença típica de animais domésticos que pode levar danos ao feto.  Durante o pré-natal se for constatado a ausência de anticorpos contra a toxoplasmose, a recomendação é de se evitar o contato com animais e a ingestão de carne crua ou mal passada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...